Como se Tornar Detetive Particular no Brasil

como se tornar um detetive

Em época de pandemia, crise econômica,  problemas sociais,  drogas ou digitalização e tecnologia em crescimento, cresce também o interesse por alguns tipos de profissões, bastante curiosa e pouco conhecida no mercado atual Existe diversas profissões que acreditamos que jamais iremos precisar por não conhecer o dia de amanha, quando menos esperamos vem ou a necessidade de contratar o profissional ou aquele curiosidade de conhecer o trabalho do profissional prestador de serviços.  

Como é as Características de um detetive?

A mídia tem procurado cada vez mais, o interesse de demonstrar as atividades da investigação privada. Estou falando dos jornalistas investigativos que desejam fazer ou gravar alguma redação relacionada a infidelidade conjugal, cujo interesse é mostrar alguma atividade dos profissionais da investigação particular, isso mesmo o detetive particular. O Silvio trabalha a 12 anos em São Paulo como detetive profissional e ele conta que se tornar um investigador particular no Brasil exige fidelidade, conhecimento, inteligência, aparência física normal, escolaridade, não constar antecedentes criminais e formação profissional especializada  raciocínio logico muito aguçado.

Onde encontro uma escola de ensino profissional?

Existe no brasil diversas escolas espalhada ensinando sobre a maravilhosa profissão de investigador particular, entretanto, poucas academias ou escolas oferecem o ensino técnico profissional qualificado para um bom exercício funcional, isto é, na grande maioria é ensino feito a distância, de maneira que dificulta no aprendizado e a boa profissionalização do formando para inserir no mercado profissional. Na região do município de São Paulo e arredores, existe escolas com professores gabaritados que talvez esteja perto do que você deseja para se tornar um bom detetive particularprofissional.

Quais são as ferramentas de um detetive?

Assim como um pedreiro possui linha, plumo, martelo e colher o serralheiro uma maquina de solda e esmeril, o pintor um rolo e pincel o mesmo é para se tornar um detetive com suas câmeras fotográficas, rastreador e microdispositivos capazes de registrar vídeos ou fotos sem chamar a atenção do investigado, vale a pena lembrar que quanto mais você investe em equipamentos de investigação melhor será a possibilidade de estar acima dos concorrentes. Um bom carro, moto conservada e equipamentos modernos e discretos garantirá que a prestação de servico oferecido para seu cliente esteja dentro da lei de relação e consumo.

Quanto ganha um detetive profissional?

Antes de falar de quanto ganha um detetive, devemos no focalizar em prestar uma boa qualidade de prestação de serviços. O agente detetive ganha conforme a sua divilgacao e marketing em funcionamento, a economia do pais é um fator também importante, principalmente em tempos de quarentena e pandemia, interesse do cliente e dias necessário para realizar e descobrir o caso em questão. Um detetive em são paulo ganha em media de R$  400 a 1000 Reais por um dia de serviços. Mas destaco que não é todos os dias que um detetive em sp trabalha. Pois conforme mencionei dependem do grau da concorrência, e o marketing são elementos intrínsecos para captação de clientes. Milagres os detetives não fazem e não ganham baú de ouros  é necessário ter paciência e ser honesto.

Detetive particular e investigador de policia quais as diferenças?

É importante salientar que existe diferenças funcionais de atividades como detetive de policia e detetive particular, de forma que ambos possui atividades similares, mas as funções são diferentes, explicando melhor o detetive de policia trabalha para o estado é funcionário publico concursado já o detetive particular é um profissional autônomo sem poder de policia uma espécie de profissional sem fé publica, as suas atividade são para finalidade comercial. O detetive particular é um prestador de serviços de caráter livre-comercial  sem a necessidade de prestar concurso, de maneira que para se tornar um investigador particular é importante a sua formação por escolas de formação profissionalizante  em escolas de detetives particulares.

Dicas para começar a adestrar seu cachorro

adestrar cachorro

Você está pronto para começar o adestramento do seu novo cão? O treinamento e a socialização adequados estão entre as necessidades básicas dele. É importante começar a treinar seu cão assim que chega na sua nova casa.

Mas por onde você deve começar? Onde você pode aprender como adestrar o seu cachorro? Qual é a melhor maneira de treinar um cachorro? Como tratar um cão adulto e um filhote?

Existem várias opções para treinar seu novo animal de estimação. 

Independentemente de você optar por treinar seu filhote ou cachorro, fazer aulas ou contratar um treinador particular, você pode implementar as seguintes dicas básicas de treinamento para dar os primeiros passos. 

Leia também: Como montar um banho e tosa com pouco dinheiro

9 dicas essenciais pra começar o adestramento

No início, o treinamento do cão pode parecer muito cansativo, especialmente se este for seu primeiro cão. A verdade é que treinar seu cão é um processo que leva tempo, mas que no final vai te ajudar bastante. De uma olhada nessas dicas iniciais.

  • Reforço positivo: Existem muitas maneiras diferentes de treinar um cão, mas a maioria dos profissionais concordam que a maneira positiva é a melhor para o cão e para o treinador.
  • Aprenda como adestrar o seu filhote de cachorro da forma correta: É importante aprender como fazer o adestramento correto do seu cão desde pequeno, quanto mais cedo começar melhor. Neste artigo você pode entender como dar os primeiros passos: Como Adestrar o seu Filhote de Cachorro.
  • Seja paciente: De ao seu cão o tempo que ele precisa para se acostumar com os comandos e entender o que você quer.
  • Os cães não nascem entendendo português: O novo cachorrinho que você trouxe para casa há dois dias não tem ideia do que a palavra “não” significa. Em vez de esperar que ele abandone o que quer que esteja fazendo, mostre a ele o que você quer que ele faça.
  • Treine seu cachorro usando jogos: treinar seu cachorro deve ser divertido! Todo mundo sabe que é mais fácil aprender quando você está se divertindo, então tente implementar alguns jogos em seu regime de treinamento de cães.
  • Ensine seu filhote a vir quando for chamado: O primeiro comando que você ensina a seu animal de estimação deve ser vir. Comece chamando ele pelo nome. Depois quando ele acostumar, comece a introduzir o comando “Venha. ”Sempre que ele o fizer use muito reforço positivo.
  • Forneça a quantidade certa de exercício e estimulação mental. Cães entediados se metem em problemas. Para os filhotes, a estimulação mental é tão cansativa quanto o exercício físico e é mais segura para o corpo em crescimento.
  • Sempre o recompense quando ele vier até você: Uma reclamação comum do dono é que o cão não vem quando chamado. Nunca castigue seu cão quando ele vier até você, não importa o que ele tenha feito antes. Ligue para ele em um tom alegre e brincalhão e dê uma grande recompensa quando ele chegar até você, com guloseimas, um brinquedo ou um elogio.
  • Recompense o bom comportamento do seu cachorro: Use brinquedos, amor e muitos elogios – e não se esqueça das guloseimas. Avise-os quando estiverem fazendo a coisa certa. Na mesma linha, nunca recompense o mau comportamento, pois isso só vai confundi-los.

Adestramento de cães avançado

Com essas dicas você vai ser capaz de adestrar o seu cachorro adulto ou filhote com muito mais tranquilidade e velocidade. Lembre-se de ser paciente e esperar que ele aprenda no tempo dele.

Logo os resultados iram aparecer. Entretanto se você realmente deseja aprender como adestrar o seu cachorro passo a passo, eu recomendo que leia o artigo do Dicas pra Cachorro: Como adestrar o seu Cachorro em Casa.

Aqui você aprende de verdade o passo a passo para começar um bom adestramento e evitar qualquer tipo de problema comportamental. Espero que tenha te ajudado. Te vejo no próximo artigo.

Como se tornar um adestrador ou Treinador de Cães

Então você quer ser um  treinador de cães ? É comum que os amantes de cães que procuram uma mudança de carreira considerem o treinamento de cães uma opção. 

Ser um treinador de cães pode ser um trabalho incrivelmente recompensador, assim como a profissão de banhista e tosador de cães. Você passa seus dias cercado de cães, além de ajudar as pessoas e seus animais de estimação a viverem juntos de maneira feliz e harmoniosa.

Neste artigo vou te mostrar o melhor caminho para alcançar este sonho. Mas você precisa estar ciente de que tem muito trabalho pela frente até chegar lá.

Onde você pode estudar adestramento canino?

Existem relativamente poucos programas de treinamento de cães disponíveis, portanto, é importante encontrar profissionais qualificados com os quais aprender. Procure um treinador disposto a aceitá-lo como aprendiz. É assim que a maioria dos treinadores aprende a profissão.

Os aprendizes aprendem muito assistindo e ajudando seus mentores. Além de permitir que você aprenda a profissão sob a supervisão de um profissional experiente que pode fornecer feedback e orientação durante todo o processo. 

Uma excelente ideia é investir em um Curso de Adestramento de Cães Online. Além de terem pressos muito acessíveis, podem ser concluídos de maneira mais rápida e eficiente.

Comece treinando seu próprio cachorro

O primeiro passo em sua jornada deve ser  treinar  seu próprio cão. Se você ainda não tem um cachorro, encontre um com quem possa passar muito tempo para que possa criar uma rotina de treinamento regular.

Comece pelos truques mais básicos, mas não pare por aí. Lembre-se, seu cão é seu primeiro aluno, por isso ensine tudo oque puder a ele. No final das contas, seu cão não precisa ser perfeito. 

Mas seus futuros clientes em potencial precisarão de ajuda com todos os tipos de comportamento; portanto, você precisa de experiência prática com tudo o que for necessário para ensinar.

Pratique adestrando outros cães

A melhor maneira de aprimorar suas habilidades e praticar outras abordagens é trabalhar com cães que não são seus. Treinar seu próprio cão é valioso, mas lembre-se de que ele o ama e perdoará seus erros.

Além disso, treinando seu cão você pode ir devagar e com paciência. Já seus clientes não terão tanta paciência assim.

Você pode perguntar a amigos e familiares se pode ensinar seus cães. Ou você pode conversar com abrigos locais, escolas de treinamento entre outras organizações e realizar o adestramento dos seus cães.

Antes de se tornar um Adestrador Profissional, seja aprendiz de um

Uma ideia ainda melhor é ser aprendiz de um treinador de cães profissional. Isso não só lhe dará acesso a mais cães, mas também terá alguém monitorando sua técnica e orientando seu desenvolvimento. 

Verifique com os treinadores de cães locais em sua área para ver se alguém está disposto a aceitá-lo como aprendiz ou assistente. Logo você estará apto a começar o seu negócio por conta própria.

Outra alternativa, como eu já citei antes, é buscar por um Curso de Adestramento de Cães online, você pode conhecer um dos melhores acessando o link: Curso de adestramento Canino.

Independente do caminho que você escolha, o que importa é não desistir e procurar sempre estar se atualizando sobre as diversas técnicas de adestramento.

Espero que este artigo tenha te ajudado, recomendamos que comece buscando por cursos antes de tentar aprender por conta própria. Até o próximo artigo.

Reconhecendo os sinais de personalidade

personalidades

Passamos boa parte da nossa vida procurando as melhores oportunidades em tudo, seja no campo interpessoal ou no campo profissional e dos negócios, muitas vezes perdemos mais tempo em busca desse tipo de resultado do que de fato encarando os problemas de um modo um tanto quanto mais promissor.

Muito disso acontece em razão de ignorar os principais sinais que estão em demasia conectados muitas vezes com os aspectos do nosso horoscopo diario que nos traz informações diárias a respeito de como tudo tende a ser bem mais produtivo quando se conhece tudo aquilo que envolve a nossa formação de personalidade chamada intrínseca.

Boas práticas

Dentro das práticas mais eficientes está em fazer um controle cotidiano eficiente, organizar e iniciar o seu dia com informações importantes é o que fará total diferencial para amadurecer, com o ganho de experiência você terá uma grande facilidade para esclarecer os pontos mais complexos que envolvem a sua vida, jamais deixe de se comportar como uma pessoa realmente dedicada em buscar evolução.

Todo processo exige atenção e determinação e muitas coisas podem passar em branco, mas para começar, por exemplo, é necessário conhecer um pouco dos signos que traduzindo significa de fato “sinais” que se resumem em características da pessoa.

Esses traços de personalidade estão alinhados com elementos cósmicos ou astrológicos e vai criando novas perspectivas.

Uma forma simples de saber o seu signo é pelo dia e mês que você nasceu e esses são apenas dados iniciais, deve-se levar em consideração outros elementos para desenvolver de fato melhor suas capacidades de percepção, sem que precise comprometer outros elementos que venham a lhe ajudar no decorrer do dia.

Desde a combinação de cores a repetição de determinadas palavras podem influenciar em como o seu dia irá se comportar.

O conjunto de elementos é sempre mais sólido do que cada um separado, pois mesmo que o libriano tenha fama de buscar equilíbrio, um simples ascendente que venha tergiversar sobre suas principais já irá influenciar no seu comportamento, por isso um acompanhamento aprofundado irá permitir que você compreenda melhor os sinais que definam melhor a sua personalidade.

Como Vender Seu Nome de Domínio

Você já pagou uma taxa de renovação de domínio e pensou: “Não estou usando, devo vender esse nome de domínio”. Eu sei que tenho. Você pode não ter um nome de domínio de um milhão de dólares, mas pode muito bem possuir um que tenha algum valor. Então, vamos falar sobre como vender nomes de domínio. Aprenda como criar subdomínio neste artigo.

Enquanto digito, existem mais de 1.500 TLDs. Você pode registrar um domínio em cerca de 1.000 deles. Portanto, é claro que não há falta de espaço de domínio disponível. Ainda assim, o mercado de domínio secundário está prosperando.

Por quê? Como as pessoas ainda querem um nome de domínio em um pequeno grupo de TLDs específicos,.com é o mais desejável.

O TLD é a parte do domínio que vem depois do último ponto. TLD significa Domínio de Nível Superior. Portanto, com, net e org são TLDs. Assim como clube, loja e bate – papo. Tecnicamente, eles são domínios de nível superior “genéricos”, mas vamos apenas nos referir a eles como TLDs.

nomes de dominios

Como Vender Seu Nome de Domínio

Existem etapas que você pode seguir para acelerar o processo. Quanto mais agressivamente você “comercializar” seu domínio, mais rápido você o venderá. E se você fizer isso direito, você colherá o valor máximo que o domínio pode trazer.

Independentemente de você vender seu nome de domínio de forma agressiva ou mais passiva, as etapas básicas são as mesmas, então vamos lá.

Determine o valor do nome de domínio

Uma das armadilhas mais comuns que encontramos ao tentar vender um nome de domínio é acreditar que ele é mais valioso do que realmente é. Ler sobre essas vendas de milhões de dólares pode nos levar a acreditar que estamos sentados em uma mina de ouro quando nosso domínio pode valer apenas o custo de um bom jantar.

Mas ei, pelo menos conseguir o custo de um bom jantar é alguma coisa. Se não moderarmos nossas expectativas, é provável que acabemos sem nada. Listar um domínio por mais do que vale raramente (ok, nunca) leva a uma venda.

Existem sites e serviços que fornecem uma estimativa do valor de um domínio. Essas são apenas estimativas, porém, baseadas em algoritmos. E como todos os algoritmos, eles são genéricos, não específicos.

Prefiro olhar para vendas comparáveis. Não é como vender no eBay, onde você pode ver o que exatamente o mesmo produto foi vendido. Os nomes de domínio são únicos, portanto, você deve procurar nomes aproximadamente comparáveis.

Sites como DNJournal, estibot, DNPric.es e NameBio fornecem informações sobre o que os domínios estão realmente vendendo, portanto, são um bom lugar para começar.

Coisas que podem ter um impacto positivo no valor do domínio

Se o domínio for um .com

Apesar da disponibilidade de centenas de novas extensões de domínio, o antigo.com em espera ainda é o rei. Quando você olha para as 100 maiores vendas de domínios de todos os tempos, 96 dos 100 domínios eram .com.

Se for curto

De um modo geral, quanto mais curto for o domínio, maior será o preço. Os domínios de uma, duas ou três letras estão historicamente entre os que geram os preços mais altos.

Se for fácil soletrar

Nomes de domínio que incluem palavras comuns ou abreviações regulares terão um preço mais alto.

Se for uma única palavra de “dicionário”

Junto com os domínios curtos, os domínios genéricos de uma única palavra (shop.com, pizza.com, roupas.com, etc.) também lideram as paradas com números de vendas mais altos de todos os tempos. A lógica aqui é óbvia: há um número limitado de palavras genéricas que todos conhecem.

Um nativo português médio conhece ou usa cerca de 20.000 palavras. Talvez metade deles sejam genéricos. Existem 142,5 milhões de domínios .com registrados atualmente, o que significa que apenas 0,007% de todos os domínios registrados são palavras portuguesas genéricas que seriam conhecidas pela maioria dos falantes nativos.

Se você possui um desses domínios, você tem uma quantidade rara que tem valor proporcional.

Coisas que podem ter um impacto negativo no valor do domínio:

Qualquer TLD diferente de .com ou .com.br

Embora o Google usasse o TLD como um fator de classificação nos velhos tempos, agora eles dizem que tratam todos (ok, a maioria ) TLDs igualmente. Portanto, não há nenhuma razão para que um .ink ou .xyz não possa ser tão valioso quanto um .com ou .com.br. Mas eles não são. Eles são “vendáveis”, porém, mas modificam suas expectativas quanto aos preços que podem atingir.

Se tiver muitos caracteres

Também acho este interessante, já que poucos de nós digitamos nomes de domínio em navegadores da web. É muito mais provável que cliquemos em um link de um mecanismo de pesquisa ou de um site de referência.

Mesmo se você tiver que digitar um domínio, seu navegador provavelmente se lembrará dele e você não precisará digitar mais do que alguns caracteres. Então, por que domínios com menos caracteres ainda exigem um preço premium?

Seja qual for o motivo, eles fazem. Portanto, a equação fácil da miniatura é: quanto maior o domínio, menor o preço de venda.

Se estiver precisando registrar um domínio, aqui você pode registrar domínio .com 6,99.

Difícil de soletrar (ou soletra algo que você não quer que seja escrito)

Mesmo um domínio relativamente curto pode valer consideravelmente menos do que um domínio comparável se for difícil de soletrar. Por exemplo, palavras em que ‘i’ e ‘e’ podem ser misturados.

E no que diz respeito a um domínio que soletra algo que você não quer que soletre, você provavelmente já viu exemplos disso. Caso contrário, tente remover os espaços para transformar “Sucata americana” ou “Troca de especialistas” em um domínio. Você pode ver os possíveis problemas aí.

Se o domínio for composto de várias palavras

Combinar duas palavras é, na verdade, um dos meus truques favoritos para encontrar um domínio.com que esteja disponível para registro. Mas quando se trata de revenda, várias palavras podem funcionar contra você. É ainda pior se o seu domínio contiver hifens ou números. Eu entendo a tentação, mas você nunca deve comprar ou registrar um nome de domínio com hífens.

Por que .com ainda é rei?

A internet começou com sete extensões de domínio de nível superior (com, net, org, int, edu, gov, mil). Desses sete, você, como um usuário inicial da Internet não afiliado, só podia registrar um domínio em.com (e isso não foi fácil). Os demais foram reservados para instituições ou redes de computadores.

É importante notar que, embora.org e.net se destinassem a ser restritos a organizações sem fins lucrativos e redes de computadores, essas restrições nunca foram aplicadas.

É interessante que.com retém muito do brilho do glamour da velha escola, já que a maioria dos usuários da web ou da internet nem estavam por perto quando.com era o único jogo na cidade. Na verdade, mais de um bilhão de usuários da Internet nem tinham nascido quando os primeiros “novos” TLDs (negócios, info) foram introduzidos em 2001.

Mas muitos dos primeiros escritos sobre a Internet usavam, ou giravam em torno, da frase “ponto com”. Todos os primeiros negócios da Internet estavam em domínios.com (portanto, a maioria dos usuários da Internet teria simplesmente presumido que qualquer novo site de negócios também usaria um domínio.com). Quando o fundo do poço caiu na economia da Internet em 2000, foi conhecido como o estouro da “bolha ponto .com”.

Portanto, parece-me que a história é a única coisa que sustenta o valor percebido de um domínio.com. Não há razão técnica ou prática para que um .com valha mais do que qualquer outro blog.

Depois de definir o preço do seu nome de domínio

Ok, eu sei, era muita informação. Mas o preço adequado para seu domínio é sem dúvida a parte mais importante da venda.

Se você estiver superfaturado, nada do que falaremos daqui em diante fará diferença porque seu domínio não atrairá compradores.

Então, vamos preparar seu domínio para vender.

Deixe o mundo saber que o nome de domínio está à venda usando o próprio nome de domínio

Você precisará de um site para qualquer nome de domínio que deseja vender (sim, parece óbvio, mas nem todo mundo se incomoda). Este é um lugar onde você pode obter uma vantagem sobre um grande vendedor de domínios. Onde eles terão páginas genéricas nos domínios, você pode criar algo mais atraente.

Você não precisa de nada sofisticado, apenas uma única página com os dados de contato, ou melhor ainda, um formulário de contato. Torne a página tão exclusiva quanto o nome do domínio. Sempre que possível, incorpore cores ou imagens que se alinhem com o nome. Torne-o pessoal, diga aos compradores em potencial que está lidando com um indivíduo, não com uma corporação.

Se você está vendendo vários domínios, pode manter seus custos de hospedagem baixos usando contas de revendedor de vários domínios.

Torne suas informações de contato públicas no banco de dados WHOIS

Este é um ponto chave – se você conseguir. Vendi domínios que nunca tive a intenção de vender simplesmente porque alguém me contatou usando informações WHOIS e fez uma oferta.

Mas o aumento da “privacidade” do domínio está tornando o WHOIS uma forma menos confiável de fornecer publicamente informações de contato para um domínio. Muitos registradores ativam a privacidade por padrão. E se seus domínios forem registrados por meio de certos grandes registradores, não será mais possível exibir publicamente as informações de contato.

Verifique com seu registrador se você pode expor pelo menos um endereço de e-mail no banco de dados WHOIS público. Caso contrário, seu registrador pode oferecer o encaminhamento de e-mail dos registros WHOIS.

Para comercializar, comercializar (finalmente), também conhecido como Onde posso vender um nome de domínio?

Agora você está armado com seu preço de venda ideal, seu domínio está visível e suas informações de contato estão anexadas. É hora de começar a sacudir as árvores para um comprador.

Em vez de falar sobre as cerca de uma dúzia de maneiras possíveis de vender um nome de domínio, vamos falar sobre as duas que realmente funcionam.

Listando seu domínio para venda em mercados de domínio

Os melhores sites de venda de domínio são os melhores sites de compra de domínio, e esses são os mercados de domínio.

Os mercados são a primeira e a última parada da maioria das pessoas ao vender domínios. A vantagem óbvia aqui é que todos que navegam em um mercado de domínio são compradores em potencial.

Por outro lado, pode ser difícil para o domínio médio ser notado em um grande mercado. Consequentemente, as vendas podem levar tempo.

Mas mesmo que pretenda vender seu domínio em leilão, você ainda deve listá-lo com os principais mercados. Esses são Afternic, Sedo, Snap [NAMES] e Flippa.

Se seu preço estiver próximo das taxas de mercado e seu domínio for atraente, esses mercados devem render a você algumas ofertas.

O que me lembra, esteja preparado para negociar. Embora não seja inédito para um comprador em um mercado pagar o preço pedido, é mais provável que ele lhe faça uma oferta abaixo desse valor.

Use um serviço de custódia para pagamento

Você vendeu seu domínio, parabéns. Agora você tem que ser pago.

Antigamente, vender um nome de domínio era uma proposta problemática. Você tinha que confiar no comprador e o comprador tinha que confiar em você, o vendedor. Não havia um mecanismo fácil para proteger ambas as partes.

Agora temos serviços de depósito que são (relativamente) baratos e muito fáceis de usar. Os serviços de custódia são terceiros neutros que retêm e processam pagamentos. Alguns mercados de domínio têm serviço de garantia interno para domínios vendidos por meio do site.

Mas se você não usou um mercado, terá que cuidar da configuração do depósito por conta própria. Existem alguns serviços de custódia online, mas você não pode errar com o líder estabelecido.

Vender domínios e sites de venda são duas coisas diferentes

Este artigo falou sobre vendas de nomes de domínio, não vendas de sites. Mas vale a pena falar um minuto sobre a venda de domínios vinculados a sites.

Às vezes, quando você vê que um nome de domínio foi vendido por um determinado preço, esse preço de venda inclui o site e seus arquivos anexados aos domínios. O valor de um site existente é fácil de calcular, geralmente com base na receita obtida pelo site. O nome de domínio pode fazer parte desse valor, mas a maior parte dele se baseia na quantidade de dinheiro gerada.

Muitas vezes, os sites são desenvolvidos especificamente para serem vendidos. Isso pode começar com um site estabelecido que passa por uma rápida revisão estética e invertido, ou pode começar apenas com um nome de domínio.

O vendedor compra um domínio baseado em palavras-chave e então cria conteúdo baseado nessa palavra-chave para tentar atrair tráfego para o site. Se conseguirem estabelecer tráfego suficiente para gerar receita de publicidade, terão um site vendável.

Se isso parece uma maneira especulativa e potencialmente cara de fazer uma venda no site, é. Mas o risco pode ser reduzido estudando a popularidade de palavras-chave, empregando táticas de SEO bem-sucedidas, aprendendo como criar – ou descobrir – conteúdo atraente e mantendo seus custos de hospedagem baixos com contas de revendedor de vários sites.

Os nomes de domínio sempre terão valor

Será que eles vão embora?

Eu não teria tanta certeza.

Enquanto continuarmos com o endereçamento de Internet baseado em nome, certos nomes de domínio terão valor. Mas tentar prever o futuro da Internet é como prever em qual número a bola de roleta vai parar. Tudo o que você pode fazer é adivinhar e errará na maioria das vezes.

Por esse motivo, eu não consideraria nomes de domínio como investimentos de longo prazo, acreditando que financiaria minha aposentadoria com a venda de domínios. Existem muitas incógnitas. Muitas variáveis. Eventualmente, algum garoto de 13 anos na Islândia ou em São Paulo surgirá com uma tecnologia que torna os nomes de domínio obsoletos.

Mesmo que a tecnologia permaneça a mesma, o que é considerado um nome de domínio valioso pode certamente mudar. O maior pagamento de vendas de domínio que já tive foi um leilão ao vivo de $ 19.000 em 2008. Mas isso foi há muito tempo, e tenho certeza de que seria difícil conseguir alguns milhares de dólares pelo mesmo nome de domínio agora.

O tempo pode ser importante ao considerar quando vender um domínio.

Você nunca sabe o que pode ou não vender

Tenho as versões.net e.org do meu nome – o que é bastante comum – à venda há anos e, até agora, nenhum comprador. Mas suponho que, embora seja um nome comum, ainda requer um comprador muito específico.

Mas também tenho um domínio de palavra de dicionário de quatro letras à venda há anos, sem compradores. É problema? É um.net. Se fosse um.com, eu poderia ter vendido várias vezes.

Já falamos sobre gerenciamento de expectativas e esse é certamente um fator-chave na venda de domínios. Estar preparado lhe dará todas as vantagens. Quanto à paciência e às expectativas, bem, isso depende de você.

Se você decidir vender ou tiver uma boa história de venda de domínio, deixe-me saber nos comentários. Estou interessado em ouvir de você.

Por que mudar para um espaço de Coworking é a melhor coisa que você fará neste ano?

Como 2015 estava chegando ao fim, a Forbes publicou um artigo intitulado “todo escritório será um escritório de coworking em 5 anos”. A jogada inicial do autor foi que a conversa mais alucinante que ele já teve foi em um almoço do Coworking Webtrends “com um advogado, profissional de marketing digital, desenvolvedor de software, recrutador de executivos e investidor do mercado imobiliário”.

Com o início da nova década, é hora de fazer um balanço da previsão. Embora nem todo escritório seja um local de trabalho compartilhado, é seguro dizer que uma grande parte deles é. De freelancers saindo de suas casas a empresas que escolhem alternativas de espaço de trabalho mais colaborativo, o coworking cresceu rapidamente nos últimos dois anos.

Se você ainda está oscilando entre escolher ou não o coworking, tenha certeza de que está levando seu trabalho na direção certa ao escolher o coworking. Será a melhor coisa que você fará este ano, especialmente se você estiver procurando contratar e expandir sua equipe ou buscar espaços maiores e melhores.

Coworking

Por que um espaço de coworking é um espaço de trabalho ideal para todos

Há uma infinidade de razões pelas quais os locais de trabalho compartilhados se adaptam a todos, como ótimas comodidades, despesas mais leves, breves períodos de aprisionamento e ambientes vibrantes. Além desses benefícios diretos, os locais de trabalho compartilhados trazem para a mesa toda uma série de recompensas periféricas.

Você recebe um pacote completo

Os espaços de coworking são pacotes completos. Pelo aluguel que você desembolsar, você obtém o espaço junto com as comodidades, como TI, suporte, serviços de recepção, conexão Wi-Fi de nível empresarial e backup de energia. Isso significa que você não gasta um centavo a mais para decorar o escritório. No minuto em que você plug-in, você está pronto para trabalhar.

A localização

O local onde o seu escritório está localizado é um fator vital. Escolher a localização geográfica certa exige premeditação. O bairro ideal tem conectividade e, com isso, facilita o acesso a clientes e funcionários.

O Coworking atinge o equilíbrio certo entre custo, terreno premium e conectividade. Além disso, os locais de trabalho compartilhados tendem a ser próximos a restaurantes e centros comerciais.

Você corta custos e dores de cabeça

Quando você está expandindo sua equipe ou abrindo um novo escritório, as despesas são um aspecto crítico a ser verificado. Quanto você pode dedicar de forma viável para estabelecer uma base de operações?

Quando você compara um escritório de coworking com uma configuração de escritório convencional que oferece as mesmas comodidades, a última é mais cara. Sempre. Portanto, ao mudar para o coworking, você se torna mais econômico.

Você pode desviar o valor economizado para estratégias que realmente gerem mais negócios. Com instalações e comodidades já incluídas no aluguel, você ainda economiza muito trabalho com os pés e problemas.

Seus funcionários vão adorar

Por mais que vivamos em uma economia gigantesca, também estamos no meio de uma economia do conhecimento. O trabalho exige mais criatividade dos profissionais do que nunca. Operar fora de uma configuração de escritório tradicional não corta mais porque cria silos. Estar isolado dificulta o compartilhamento do conhecimento e, consequentemente, a criatividade.

O Coworking permite uma troca constante de ideias. Um dia você pode escolher o cérebro de um designer gráfico e outro de um especialista em finanças. É por isso que a força de trabalho atual adora locais de trabalho compartilhados. E se você estiver contratando no ano novo, as chances são de que acabará com mais trabalhadores da geração do milênio.

A Geração Y (e Z) ama e exige um ambiente colaborativo e superalimentado que impulsiona sua carreira. Escolha o coworking e ofereça exatamente o que seus funcionários precisam!

Realização de eventos que as pessoas possam Participar

Os eventos sempre fizeram parte dos negócios. No entanto, a participação na maioria dos eventos do empreendedor é além de medíocre. Os motivos podem variar, mas a causa raiz é que poucas pessoas querem estar lá.

Organizar eventos está no cerne do coworking, o que significa que os espaços de coworking fazem esse trabalho muito bem. Ao mudar para um local de trabalho compartilhado, você pode aproveitar esse know-how e criar eventos que os funcionários adoram participar. De uma sessão de brainstorming no almoço a uma aula gratuita de Zumba, com coworking, qualquer evento é imaginável.

Uma motivação para criar

Quando você trabalha em casa ou em um escritório típico das 9h às 17h, fica separado de outras equipes e funcionários. Reduz a criatividade e o seu espírito para fazer mais e ser melhor no trabalho.

Em comparação, trabalhar em um lugar que nutre e promove uma atmosfera colaborativa estimula você a fazer mais e criar mais. Pense nisso como uma competição saudável. Ver os outros se empenhando e trabalhando duro para cultivar suas carreiras motiva você a progredir.

Bem-estar é aprimorado

Um local de trabalho padrão não oferece um equilíbrio entre vida pessoal e profissional. É uma das razões pelas quais o coworking se espalhou pelo mundo como um meme viral. Mudar para um local de trabalho compartilhado dá a você acesso a alimentos mais saudáveis, a capacidade de fazer pausas muito necessárias e até mesmo entrar em uma academia ou sessão de ioga durante o dia.

No geral, o coworking deixa as pessoas mais relaxadas e felizes, o que gera lucros para os negócios.

Experimente antes de se comprometer

Os espaços de coworking proporcionam um período de teste. Alguns oferecem um passe de um dia gratuito, enquanto outros recomendam que você faça um teste de uma semana. Independentemente da opção que você escolher, é uma ótima maneira de sentir o ambiente e descobrir se você e sua equipe se encaixam.

Você precisa se comprometer com um período mais extenso apenas se tiver certeza de que a cultura de coworking se adapta à sua visão.

Faça do coworking sua resolução de ano novo

Uma conversa ao lado do bebedouro ou uma pausa rápida para o chá na barraca perto do escritório costumava ser o auge das colaborações entre equipes. Esses rituais agora são história. O coworking tornou a vida profissional muito mais enriquecida; em vez disso, revolucionou a maneira como as pessoas encaram um dia inteiro de trabalho.

Positivo. Inspirador. Prédio alto. Essas são as palavras associadas a locais de trabalho compartilhados. Então, se você fizer uma resolução no ano novo, faça um coworking. Confie em nós; será, de fato, a melhor decisão a tomar!

Porque usar o WordPress para um site sem um blog

O WordPress é muito conhecido por sua capacidade de criação de sites e blog altamente envolventes. No entanto, graças aos milhares de plug-ins e temas, ele pode ser esculpido em qualquer tipo. É por isso que muitos usam o WordPress para um site, mesmo sem conteúdo de blog.

Devido a todos esses recursos e ferramentas adicionais, o WordPress pode ser usado para criar sites incríveis que não sejam de blog. Claro, isso levanta a questão: o que é um site sem blog?

Alguns bons exemplos são lojas online, portfólios, sites de pequenas empresas e muito mais. Na realidade, tudo é possível com o WordPress. Na verdade, o único fator limitante é sua imaginação.

wordpress

Crie qualquer tipo de página

O que permite que o WordPress crie praticamente qualquer tipo de site da Web é sua flexibilidade com as próprias páginas da Web em geral. Mas, quais são algumas das páginas de que você precisa?

Por padrão, o WordPress deseja colocar seu blog como a página inicial, mas isso não funciona bem para um site que não seja um blog. Em vez disso, você precisará começar criando uma página inicial.

Esta é uma página que apresenta seu site ao visitante. Isso explicaria o que seu site oferece, como funciona, ofertas especiais, login de membro e outras informações básicas, mas importantes. O objetivo é informar os visitantes e fazer com que se interessem pelo que você oferece.

No entanto, se você deseja direcionar o tráfego, também deve criar uma página de destino. Uma página de destino é uma página projetada especificamente para atrair clientes. Geralmente, eles são usados ​​para vender bens, serviços e destacar ofertas especiais aos visitantes como estratégia de marketing digital.

Uma boa página de destino pode aumentar drasticamente a quantidade de tráfego que seu site recebe, o que é ideal para qualquer site.

Outro conceito chave para entender é a diferença entre uma página estática e dinâmica do WordPress. Uma página estática é aquela que permanece essencialmente a mesma. Enquanto uma página dinâmica é aquela que pode mudar regularmente.

As páginas dinâmicas são facilmente atualizadas, o que torna mais barato para as empresas. Isso ocorre porque você precisa criar uma nova página estática toda vez, enquanto você pode simplesmente adicionar novo conteúdo a uma página dinâmica.

Desativando recursos de blog do WordPress

Por padrão, o WordPress se destina a criar blogs e faz um excelente trabalho nisso. No entanto, alguns desses recursos podem ser problemáticos para um site que não seja um blog.

Portanto, você terá que desabilitar alguns deles. Felizmente, não é difícil de fazer.

Comece instalando o plugin Disable Blog. Como o nome indica, ele simplesmente desativa os recursos do blog no WordPress.

Apenas instalando este plugin, seu site deve estar livre de todos os principais recursos de blog do WordPress. No entanto, ele não exclui nenhum dado. Portanto, se você está apenas tentando testá-lo, não deverá afetar seu site.

Nota : Se decidir desativá-lo, você precisará ir em Configurações-> Leitura e selecionar o que será usado como página inicial. O plugin irá desmarcar tudo o que você já selecionou.

Outra coisa que vale a pena mencionar é que não desativa comentários. Se você também quiser desativá-los, recomendo o plugin Disable Comments.

Escolha um tema que não seja de blog

Eles têm o poder de definir a aparência do seu site. E como você pode imaginar no CMS de blog mais popular, a maioria dos temas é feita com o blog em mente.

Você precisa ter certeza de selecionar um tema WordPress que não seja de blog. E, claro, há muito por onde escolher.

Aqui estão alguns temas WordPress sem recursos de blog para ajudá-lo a começar sua pesquisa.

Responsivo

Responsivo é um ótimo tema para escolher para uma loja online. E considerando que as lojas são o tipo mais comum de sites sem blog, é provável que seja isso que você está procurando.

Ele oferece mais de 150 opções de personalização para permitir que você faça esse tema atender às suas necessidades.

GeneratePress

GeneratePress é um ótimo tema tudo-em-um. É totalmente personalizável, o que significa que pode ser usado para qualquer coisa que o WordPress possa fazer.

O tema foi projetado para ser leve e rápido, com foco na usabilidade e desempenho.

Vitrine WooCommerce

WooCommerce Storefront é um dos melhores temas que você pode usar se planeja usar o plugin WooCommerce.

Ambos são desenvolvidos pela mesma equipe de desenvolvimento e, como seria de esperar, são totalmente compatíveis entre si.

New York Business

O tema New York Business é uma excelente escolha para quem procura criar um portfólio online. Também é ideal para qualquer pequena empresa que pretenda criar uma presença online.

Isso ocorre porque seu estilo é profissional, exatamente o que você precisa.

Escolhendo os Plugins Perfeitos

Agora, você só precisa instalar alguns plug-ins para dar ao seu site os recursos de que precisa. Obviamente, diferentes tipos de sites precisarão de diferentes tipos de plug-ins, então tentarei escolher aqueles que cada site deve ter.

Yoast SEO

Esse normalmente é o preferido das agências de seo. Não importa que tipo de site WordPress você crie, você precisa ter boas práticas de SEO. Yoast SEO é um dos mais populares plug-ins de SEO. Ele fornece feedback sobre o SEO e a legibilidade do seu conteúdo.

O plugin é extremamente útil ao criar novas páginas. Em particular, todo site deve ter uma página inicial e uma página inicial. Yoast pode ajudá-lo em ambos, ao mesmo tempo que oferece outros benefícios, como a criação automática de um mapa do site.

Segurança Wordfence

Semelhante à necessidade de boas práticas de SEO, você sempre precisa ter um bom plugin de segurança. Sem dúvida, o Wordfence Security é uma das melhores opções disponíveis para o WordPress.

O plugin foi desenvolvido desde o início para proteger o WordPress contra ameaças maliciosas e faz um excelente trabalho nisso. E a melhor parte é que ele faz isso de graça.

WooCommerce

Se você está planejando ter uma loja online, o WooCommerce é o que há de mais completo para você. Tem absolutamente tudo que você precisa para fazer negócios online e vem com vários plug-ins de extensão que podem ajudá-lo a personalizar seu funcionamento.

Quando se trata de WordPress, WooCommerce tem uma participação de mercado impressionante de 93,72%, o que o torna o plug-in de comércio eletrônico mais popular disponível.

Akismet Anti-Spam

Se você planeja usar muitos formulários de envio ou apenas tê-los em geral, precisará de uma maneira de impedir o spam. Embora a maioria use o Akismet Anti-Spam para bloquear comentários de spam em seus blogs, esse é apenas um de seus muitos usos.

Seus outros recursos principais protegem seu site de spam de uma variedade de fontes e, deixe-me garantir, os spambots adoram qualquer tipo de formulário de envio.

bbPress

Se você deseja adicionar fóruns ao seu site, com certeza vai querer usar o bbPress. Este plug-in adiciona esse recurso ao seu site sem torná-lo lento como plug-ins semelhantes fazem.

Os fóruns são uma excelente adição a quase qualquer tipo de site. Eles permitem que você se comunique com visitantes e clientes. Mas ainda mais importante, eles permitem que eles falem uns com os outros. Isso pode ajudá-lo a construir uma comunidade forte mais rápido do que o normal.

Seu site ainda deve ter um blog

Eu entendo que você provavelmente está aqui para aprender dicas sobre como usar o WordPress sem um blog, mas eles oferecem alguns benefícios que são difíceis de ignorar.

Para começar, ter conteúdo de blog apenas faz você parecer mais conhecedor do assunto. Nunca subestime o valor de parecer um especialista.

O conteúdo do blog também pode ajudá-lo a ter uma classificação mais elevada em mecanismos de pesquisa como o Google. O conteúdo é simples de criar e por ser a sua opinião sobre o assunto, você tem total flexibilidade no que produz.

O tráfego extra que seus blogs atraem pode ajudar qualquer empresa a crescer mais rápido e é uma ótima maneira de apresentar aos visitantes seus produtos ou serviços.

Apenas um começo

Sem dúvida, escolher temas e plug-ins que o ajudem a usar o WordPress sem ter um blog é importante, mas é apenas o começo. Você ainda tem um longo caminho a percorrer quando se trata de projetar seu site.

Você precisará garantir que seu site tenha um esquema de cores consistente, carregue rápido e realmente funcione. Ah, e não se esqueça do novo conteúdo. Mesmo se você não tiver um blog, atualizações regulares são importantes.

Por que você não quer ter uma seção de blog no WordPress? Como você planeja usar o WordPress para um site?

Como construir uma estratégia de hashtag forte para mídia social

Muitas vezes, as empresas subestimam a importância das hashtags. Isso pode ser devido ao fato de que eles não entendem o que são ou como usá-los. No mundo da mídia social em que vivemos, eles são muito úteis. Vamos dar uma olhada em como construir uma estratégia de hashtag forte e aumentar o engajamento nas redes sociais.

Um outro guia interessante que complementa este artigo é o Guia da Trendszone sobre posts que geram engajamento Instagram.

instagran

O que são hashtags?

Antes de se tornar um termo mundial, a hashtag era representada pelo símbolo de libra (#), especialmente em dispositivos como telefones. No entanto, isso mudou em 2007, quando o Twitter começou a usar hashtags como método para indexar palavras-chave em alta.

Desde que o Twitter deu início à tendência, quase todos os sites de mídia social utilizaram hashtags como uma forma de tornar os tópicos de tendência e o conteúdo mais facilmente pesquisáveis.

Agora, quando alguém digita uma atualização em uma plataforma de mídia social, na maioria das vezes, uma hashtag também está envolvida. Isso é particularmente verdadeiro no Twitter, Instagram, Pinterest e LinkedIn. Embora o Facebook também o use, o uso de hashtags não é tão popular nessa plataforma.

Lembre-se de que há certos aspectos em uma boa estratégia de marketing de hashtag. Só porque você usa certas hashtags não significa que elas vão virar tendência. O uso de hashtags de marketing digital, influenciador e a forma como elas tendem será baseado no motivo pelo qual você as está usando.

Por que as estratégias de hashtag são importantes?

Quando se trata de hashtags de campanha de mídia social e uma boa estratégia, existem algumas coisas que você deve lembrar. Algumas das coisas principais a se ter em mente incluem:

  • Maior envolvimento
  • Construção de marca
  • Encontrando Seu Público
  • Maior envolvimento

Usar hashtags em suas postagens de mídia social aumentará muito o conhecimento da marca e, mais importante, o engajamento. Na verdade, o Twitter informa que as empresas e marcas que usam hashtags têm uma taxa de engajamento 50% maior do que aquelas que não usam.

Engajamento com a marca

Usar uma boa estratégia de hashtag é fundamental quando se trata de envolvimento com a marca. Você deseja usar as hashtags corretas e de uma forma que seja relevante. Isso levará a um maior engajamento com sua marca e, por sua vez, aumentará seu público. Implementar uma estratégia de hashtag de marca sólida levará você até lá.

Encontrando Seu Público

Uma boa estratégia de hashtag em 2020 não é boa apenas para o engajamento do usuário, mas pode ajudá-lo a encontrar um público-alvo. Na verdade, para ser mais específico, as hashtags podem ajudar seu público-alvo a encontrar você. Usar hashtags relevantes com as quais seu público pode se conectar é uma maneira perfeita de tornar sua marca pesquisável para eles.

14 maneiras de melhorar sua estratégia de hashtag

Como uma estratégia de marketing de hashtag é tão importante, é ideal procurar maneiras de melhorar. Acredite ou não, existem algumas coisas que devemos e não devemos fazer quando se trata de hashtags de marketing de influenciadores.

Aqui estão 14 maneiras excelentes de melhorar sua estratégia de hashtag.

1. Descubra o que seu público deseja

Dizem que o cliente tem sempre razão. Esse ditado vale para estratégias de hashtag e como usá-las também. Por que você usaria hashtags que não são relevantes para o seu público-alvo?

Descubra o que o seu público se preocupa, o que eles estão vendo e use essas informações para colocar hashtags de forma adequada para que você possa ganhar conhecimento.

2. Estratégia de hashtag com base na plataforma de mídia social

Portanto, nem todas as plataformas de mídia social são iguais. Isso também é verdade quando se trata do uso de hashtags em plataformas específicas.

Por exemplo, o uso correto das hashtags de sua campanha de mídia social será muito mais eficaz no Twitter e no Instagram do que no Facebook.

De fato, de maneira geral, o uso de hashtags no Facebook não mostrou qualquer evidência de sua eficácia. Novamente, plataformas diferentes significam regras diferentes.

3. Use hashtags de marketing de influência

Você pode fazer isso de duas maneiras. Você pode olhar para as hashtags que os influenciadores de mídia social estão usando dentro do seu nicho específico e usá-las também. Ou você pode contratar um influenciador como parte de sua estratégia de hashtag e fazer com que ele publique postagens relevantes para sua marca.

Seja qual for o caminho que você escolher, lembre-se de que as hashtags de marketing de influência podem ser a força motriz para um maior envolvimento com a marca.

4. Entenda sua estratégia de hashtag

Você não só precisa ter uma estratégia de hashtag adequada, mas também se certificar de que a entendeu.

O que eu quero dizer? Basicamente, existem três tipos de estratégias de marketing para hashtags. Eles são:

  • Específico da marca e da campanha
  • Tendência
  • Hashtags de conteúdo

Vamos dar uma olhada nas diferenças bem rápido. Hashtags de marca e campanha são criadas para serem tags específicas que você usa em seu próprio negócio. Eles comercializam seus produtos ou serviços específicos.

Uma hashtag de tendência é aquela que é popular devido ao tópico que cobre. Se esse tópico for popular, a hashtag criada em torno dele terá tendência e será facilmente pesquisável.

Finalmente, existem hashtags de conteúdo. Essas são hashtags usadas especificamente para acompanhar o conteúdo que você está postando. Se você estiver postando um artigo sobre estilo de vida, poderá usar hashtags relacionadas a estilo de vida.

5. Crie hashtags simples e cativantes

Ao iniciar o processo de criação de hashtags de campanha de mídia social, lembre-se de que elas não precisam ser complicadas. O que você prefere são hashtags simples e cativantes que sejam fáceis para os usuários pesquisarem.

Isso aumentará o tráfego, porque hashtags mais longas e complicadas podem ser mais difíceis de pesquisar e encontrar.

6. Veja o que é tendência

Já falamos sobre isso, mas as hashtags de tendência são obviamente as mais valiosas. Antes de fazer uma postagem nas redes sociais, reserve alguns minutos para pesquisar quais hashtags estão em alta. Use aqueles específicos em seu conteúdo, se puder.

As hashtags em alta no seu conteúdo só vão gerar taxas de engajamento mais altas. Portanto, é sempre uma boa ideia.

7. Seja o mais específico possível

Nem é preciso dizer, mas você ficaria surpreso com o quão ruim o uso de hashtag pode ser às vezes. Frequentemente, você verá uma postagem que usa hashtags que não fazem sentido e não são específicas.

Certifique-se de que suas hashtags sejam específicas para seu nicho e direcione-as o máximo possível. Isso é especialmente verdadeiro se você já tem um público-alvo que está tentando servir.

8. Use uma quantidade ideal de hashtags

Usar a quantidade certa de hashtags pode ser confuso. Você não quer subutilizar ou abusar da estratégia de hashtag de sua marca. Com isso dito, a quantidade correta de hashtags a usar realmente se resume à plataforma de mídia social em que você está postando.

Aqui está uma lista da quantidade ideal de hashtags para usar com base na plataforma:

Twitter: 1-2

Instagram: 9-15

Facebook: 1-2

LinkedIn: 1-2

Veja, plataformas específicas usam hashtags de maneira diferente, então certifique-se de que sua estratégia leve isso em consideração.

9. Tempo correto de hashtag

Isso anda de mãos dadas com o que é tendência. No entanto, você nunca deve usar hashtags com cronometragem incorreta, seja muito cedo ou muito tarde. Se uma tendência ou tópico popular passou por você, não tente alcançá-lo. Passe para o próximo tópico de tendência e veja se consegue pegar uma carona.

10. Use Hashtags Inspiradoras

Sua estratégia de marketing de hashtag definitivamente deve incluir um conjunto de hashtags inspiradoras. Todo mundo gosta de se inspirar ou se sentir bem com alguma coisa. Use isso a seu favor.

Tente usar hashtags inspiradoras também no momento correto, quando for mais apropriado. Isso não apenas aumentará o conhecimento da marca, mas também permitirá que as pessoas se sintam mais confortáveis ​​com quem você é e com o que você representa.

11. Aproveite os tweets ao vivo

Os tweets ao vivo são uma forma fantástica de angariar a participação do público e deixar os consumidores entusiasmados com um produto ou serviço no momento. Porém, esteja ciente de que as pessoas estarão esperando algo especial se você tweetar ao vivo.

Por esse motivo, certifique-se de ter algo muito interessante para adicionar à conversa.

12. Adicionar Hashtags de Clique ou Toque à Biografia

Claro, você sempre pode adicionar hashtags a uma postagem que está fazendo nas redes sociais. Você deve dar um passo adiante, porém, e criar hashtags de marca clicáveis ​​ou tocáveis ​​para sua empresa.

Com o tempo, seguidores e outros influenciadores irão associar hashtags específicas ao seu negócio. Esta é uma ótima maneira de ganhar seguidores e influência em seu nicho.

13. Siga os insights do post de hashtag

Para ter certeza de que está utilizando sua estratégia de hashtag da maneira certa, tente seguir os insights de postagem de hashtag e use esses dados para construir sobre o que você já tem.

Existem vários rastreadores sociais que podem monitorar esses dados para você e fornecer todos os tipos de análises e dados.

14. Mantenha a simplicidade

Mantenha a simplicidade, não exagere e não tente reinventar a roda. Você quer ser inteligente, claro, conciso e direto ao ponto. Conecte-se com seu público-alvo sem se confundir.

Isso manterá os seguidores mais interessados, pois eles sabem exatamente o que esperar de você.

Conclusão

O mundo da mídia social é muito importante para as empresas hoje. Ter uma estratégia de hashtag sólida para comercializar seus produtos e serviços é a chave para ter sucesso online.

Há muitas coisas diferentes que você deseja lembrar ao montar uma estratégia de marketing de hashtag. Esperançosamente, as dicas acima irão ajudá-lo a começar com o pé direito.

Por que investir no marketing digital?

marketing digital

Falar de negócios, atualmente, é lembrar do marketing digital. Muitos especialistas apontam que as estratégias desse setor são eficazes, além de mais baratas. Confira aqui os verdadeiros motivos que te farão investir nas ações digitais.

A maneira de vender mudou, isto é fato. Lançar propagandas na Tv, Rádio ou Outdoors não é mais suficiente para alcançar um bom número de clientes.

Uma parcela significativa dos consumidores está on-line, ou seja, buscam produtos e serviços a partir da web e de aplicativos em seus smartphones.

Esse já seria um excelente atrativo para apostar nos recursos do marketing digital. Porém, vamos conhecer outros nos tópicos a seguir.

Bilhões de pessoas conectadas

Vale ressaltar os números gigantes das pessoas que só utilizam os meios digitais para realizar suas compras. Na página oficial do Instagram, por exemplo, são destacados dados como:

  • Existem mais de um bilhão de contas ativas nessa rede social;
  • Aproximadamente 90% dos usuários seguem uma página comercial;
  • 500 milhões de pessoas acessam stories diariamente;
  • Empresas de todos os portes usam a plataforma para falar com o público.

Aqui um dos papéis do marketing digital é construir o perfil certo do público-alvo, dessa forma conseguirá criar posts atrativos.

Mas, claro que é essencial fazer a gestão correta dos seus perfis nas redes sociais. Cada uma delas tem parâmetros distintos, e por isto um especialista será de grande valia nesse gerenciamento.

Praticidade na obtenção de dados

Como dito acima, se aproximar ao máximo do que deseja o cliente é um dos benefícios do marketing digital. Isso é possível por causa da utilização de softwares e das métricas definidas nesse conjunto de estratégias.

A partir de um post você já consegue observar a interação, qual gênero do seguidor, a localidade, entre outras informações.

Usando esses dados conseguirá ser mais eficaz nas próximas publicações, e assim por diante. Não será necessário fazer uma pesquisa física, de porta em porta.

Existem várias ferramentas que conseguem analisar a movimentação dos usuários em seu site ou rede social.

Melhor direcionamento das suas ações

Com essa riqueza de detalhes proporcionados pelas estratégias do marketing digital, você consegue direcionar os rumos comerciais da empresa. Investe de maneira precisa em ações publicitárias que surtirão efeitos em pouco tempo.

Por outro lado, há também uma mudança nos processos internos da empresa. Tudo precisa ser mais ágil e claro, para atender o ritmo veloz da internet.

Atende orçamentos de todos os tamanhos

Historicamente as campanhas do marketing tradicional são caras. Publicidades nos meios de comunicação (Tv, Rádio, etc.) tem custo alto, o que é totalmente diferente com o marketing digital.

Pequenas empresas e multinacionais podem ter um website, por exemplo, e divulga-lo nas redes sociais. E utilizando técnicas como SEO, é possível ranquear bem o site no Google ou em outros buscadores.

E tanto manter a página da empresa no ar quanto pagar as divulgações nas redes, tem baixo às vezes irrisórios para capacidade de alcance.

Dinamismo das Agência de Marketing Digital

A versatilidade de uma agência que desenvolve as ações do marketing digital é outro ponto forte. É um modelo de empresa que se mantém atualizado sempre, pois acompanha de perto as tendências globais. Muitas delas tem suas cedes em um coworking (espaços compartilhados), são dinâmicas e adaptadas ao mundo colaborativo onde as informações correm com muita velocidade.

Ela é alinhada as transformações do mundo corporativo, e sempre tem soluções para atender as demandas de diferentes segmentos.

A agência de marketing digital conseguirá:

  • Fazer com que sua marca seja encontrada nos meios digitais;
  • Aumentar a autoridade do seu negócio diante da concorrência;
  • Traçar as métricas pertinentes ao seu segmento;
  • Criar uma relação de longa duração com os clientes.

Esses são os benefícios que confirmam o porquê você deve investir no marketing digital. Avalie o que você precisa, e corra em busca de ajuda qualificada para potencializar sua marca.

Como fazer soma no excel

Considerada a função mais utilizada do excel, no artigo de hoje vamos aprender como fazer soma no excel.

Em resumo, no decorrer desse artigo vamos conhecer diversas maneiras de somar, com critérios, sem fórmulas, sem critérios, entre outras.

No entanto, você vai perceber que através de diversas maneiras e exemplos é possível chegar a um resultado final igual.

Em primeiro lugar, vamos iniciar pelo básico.

Ou seja, através da soma simples no excel.

Função = Soma

Mas, para isso, é necessário saber onde será nosso intervalo de soma.

Isto é, intervalo de valores numéricos.

Em nosso exemplo, vamos utilizar um intervalo de até dez células para demonstrar.

Note, que é possível inserir o intervalo realizando uma seleção múltipla conforme: B2:B11. Em outras palavras, nessa seleção estamos selecionando de B2 até B11.

soma

Em resumo, perceba que a SOMA intende como uma referência núm1, núm2, indo até 255.

No entanto, utilizamos nosso intervalo em apenas núm1, e isso é possível, resumindo nossa fórmula em apenas uma seleção de intervalos.

Toda via, conheça abaixo também como fazer a mesma seleção de intervalos separado por ponto e vírgula.

Como percebemos, é possível realizar a soma de maneira individual, conforme demonstrado acima.

Portanto, aqui demonstramos as duas maneiras mais utilizadas da função soma no excel.

Embora, no decorrer desse artigo você vai conhecer diversos outros modelos e formatos de realizar essa ação.

Em resumo, se você chegar até o final desse artigo irá conhecer tudo sobre as funções disponíveis no excel.

Como fazer soma no Excel sem fórmulas

No decorrer desse passo a passo vamos aprender a como fazer soma sem usar fórmulas no excel.

Em outras palavras, esse exemplo na verdade se torna mais manual, pois não precisamos utilizar uma fórmula.

Para isso, utilizamos o sinal de + do teclado para realizar a soma.

soma no excel

Portanto, como podemos observar, para o mesmo cálculo que foi realizado anteriormente, conseguimos fazer sem o uso de fórmula.

Embora, esse seja mais uma maneira de somar no excel, você pode replicar como fazer em diversas versões do excel, como por exemplo: 2010, 2013 e entre outros.

Por outro lado, agora vamos aprender a somar utilizando critérios, e posterior aos critérios usando outras fórmulas.

Como fazer soma no Excel com Função SE

Dando continuidade ao nossos exemplos de função soma, podemos aplicar a soma dentro de uma função de lógica, mais em especifico a Função SE.

Isto é, a partir de um teste lógico vamos definir um cálculo a ser executado.

Em outras palavras, vamos identificar o Vendedor 1 através da lógica SE.

Com isso, caso o resultado se torne verdadeiro, vamos realizar a soma da célula correspondente com o valor fixo de 2010, caso retorne falso o excel vai nos retornar zero.

soma com função se

Portanto, como podemos observar, após o resultado lógico der verdadeiro ele vai executar a fórmula Verdadeiro, ou seja Somar. Caso contrário, vai nos retornar zero.

Mas, para concluir que o cálculo permaneceu correto, vamos inserir uma alça de preenchimento na célula e conferir as demais linhas.

Portanto, podemos concluir que a aplicação lógica foi concluída como o esperado.

No entanto, além da Função SE podemos utilizar o PROCV para realizar soma. Em outras palavras, Somar um PROCV com outro.

Como somar no Excel com Fórmula PROCV

Chegando ao fim de nosso passo a passo completo sobre funções de soma no excel, chegamos a última e uma das mais conhecidas. PROCV.

Com ela, é possível realizar buscas na vertical a partir de um campo referenciado.

Para você se especializar em PROCV recomendamos assistir a vídeo aula completa sobre ela aqui.

Após isso, você vai estar apto para seguir nosso artigo de maneira simplificada.

Em resumo, para nosso exemplo vamos somar o resultado de um procv com um valor pré definido pelo excel em 2010.

Portanto, como podemos observar, após a conclusão da PROCV solicitamos para o excel somar o resultado encontrado com 2010.

Embora, o PROCV retorna apenas o primeiro valor encontrado, podemos verificar que a soma foi concluída.

Como resultado, tivemos o valor encontrado pelo PROCV somado com o Valor de 2010 que definimos no excel.

No entanto, podemos aplicar subtração, multiplicação no lugar do sinal de +. Com isso, é possível perceber que podemos destacar diversas combinações de fórmulas em apenas uma célula.

Função = SOMASE()

No entanto, aqui começamos a aprender a somar de maneira avançada.

Em outras palavras, o excel nos permite somar utilizando critérios.

Em nossa fórmula SOMASE é possível utilizar até um critério para limitar nossa Soma. Embora, assim permita realizar um cálculo mais exato, onde você escolhe o que deseja somar.

Com isso a função SomaSe é composta por três informações obrigatórias no momento de utilizar:

  • Intervalo: Local da base onde estão localizado o critério procurado.
  • Critério: Nome ou referência do critério a ser procurado através do intervalo.
  • Intervalo_soma: Local da base onde estão os cálculos numéricos a serem realizados.

Se você deseja aprender ainda mais sobre a Fórmula SOMASE acesse nossa vídeo aula aqui.

soma somase

Em primeiro lugar, vamos referenciar nossas células que desejamos calcular.

No entanto, como podemos observar, em nosso intervalo referenciamos a tabela onde consta o nome dos vendedores.

Após isso, em nosso critério inserimos o texto ‘Vendedor 1’a ser buscado na coluna A.

Por fim, no intervalo_soma. Em outras palavras, o resultado da soma, inserimos a Coluna B que é onde encontram os valores numéricos a serem somados.

Com isso, vamos ter o resultado com a soma apenas do vendedor 1.

Por outro lado, utilizando a fórmula SomaSe ficamos limitado em poder utilizar apenas um critério.

Com isso, caso precisamos mais de um critério utilizamos então a função SomaSes, com ela os critérios são limitados em 255 condições, veja a seguir.

Função = SOMASES()

Em primeiro lugar, semelhante a função SomaSe em relação as suas sintaxe, a função SomaSes se destaca quando o fator é critérios.

Ou seja, nos permite inserir mais de um critério na mesma fórmula. Possibilitando então tornar o cálculo ainda mais complexo.

Para nosso exemplo, vamos utilizar além do vendedor 1 como critério, ele vai precisar feminino. Em outras palavras, vamos somar apenas resultados do Vendedor 1 Feminino.

Em segundo lugar, acompanhe abaixo como destacamos esse critério.

Portanto, de primeiro momento, podemos perceber que nesse exemplo estamos utilizando 2 critérios, e entre eles buscando em nossas Colunas A e B respectivamente.

Embora, para isso mantemos nosso intervalo_soma na Coluna C que seria onde vamos realizar a Soma.

Como resultado, vamos ter a Soma de valor do Vendedor 1 Feminino.

Após aprender a utilizar as três funções de soma do excel, vamos aprender aplicar dentro de outras fórmulas como por exemplo: Função SE e PROCV.

Conclusão

Em primeiro lugar, gostaríamos de agradecer a sua leitura até o final.

Durante o desenvolvimento desse artigo surgiu diversas dúvidas de como demonstrar os exemplos da maneira mais simples e objetiva possível.

Portanto, se você percorreu até o final, possivelmente aprendeu diversos macetes e dicas para utilizar a função soma em seus relatórios.

Mas não esqueça que para cada necessidade é possível aplicar uma fórmula diferente.

Continue nos acompanhando e ficando por dentro de nossos conteúdos exclusivos.