Mês: janeiro 2021

saude bocal

Conheça os principais cuidados com a saúde bucal na gestação

saúde bocal

A notícia da gravidez é motivo de felicidade para muitas mulheres. Assim, para que esse momento seja vivido de forma mais saudável é necessário que os cuidados com o corpo sejam redobrados, principalmente se tratando da saúde bucal na gestação.

Neste artigo falaremos da importância da gestante manter a saúde dos dentes e os cuidados que devem ser tomados, bem como diversos temas relacionados a saúde bucal no período gestacional.

Cuidados que devem ser tomados na gestação

O período gestacional é longo e necessita de muitos cuidados. Um dos fatores principais é a atenção à saúde bucal.

Assim, se faz necessário que a gestante:

  • Visite o dentista;
  • Escove os dentes;
  • Utilize o fio dental corretamente;
  • Faça o Pré Natal odontológico;
  • Mantenha uma alimentação saudável.

Problemas bucais que podem ocorrer durante a gravidez

Como vimos anteriormente, o cuidado com a saúde bucal da gestante é muito importante. Isso porque, caso a mulher grávida não cuide dos dentes, muitas doenças e situações podem aparecer e influenciar na saúde do feto.

Neste tópico, abordaremos algumas das disfunções bucais que podem acometer as grávidas.

  1. Gengivite

Os hormônios na gravidez, como a progesterona, faz com que as mulheres tenham a tendência a apresentar problemas bucais como a gengivite, que é uma das causadoras do sangramento na gengiva.

Caso a gengivite, inflamação do tecido gengival devido a bactérias, não seja tratada adequadamente, é possível que evolua para uma periodontite.

Com isso, a estrutura dos dentes pode ser prejudicada amolecendo a dentição. Nesse contexto, pode ser necessário realizar a extração de dente para evitar complicações, mas é preciso avaliar com o profissional quais as medidas necessárias e o melhor período para o tratamento – avaliando os riscos de aguardar o parto ou de já realizar o tratamento.

Além disso, cabe dizer o risco das inflamações no período gestacional, podendo afetar a criança e antecipar o parto.

  1. Dentes cariados

A mulher grávida que apresentar dentes cariados deve procurar o dentista e começar o tratamento até o terceiro mês da gravidez, mesmo se houver alguma infecção.

Do mesmo modo, caso a gestante passe por dor de dente constante, a busca pelo dentista é fundamental para que o tratamento de canal seja avaliado.

Isso porque mesmo as pequenas cirurgias devem ser analisadas, garantindo saúde e bem-estar para a gestante e a criança.

Vale mencionar que a cárie pode se manifestar com mais facilidade neste período, pois há alterações hormonais que podem impactar na acidez da boca e no fluxo salivar, criando um ambiente mais propício para a reprodução das bactérias.

  1. Aspectos estéticos

É normal que durante a gravidez surjam alguns incômodos em relação ao corpo e alguns aspectos da face e do sorriso podem se tornar mais destacados nesse momento.

No entanto, caso haja o desejo de realizar tratamentos estéticos, como a lente de contato ou as facetas de porcelana, é aconselhado esperar até o término da gestação para que sejam realizados.

Já em relação ao uso do aparelho ortodôntico, não há contraindicação, podendo manter o tratamento e manutenções, inclusive, de modo mais próximo.

Falaremos agora sobre quais procedimentos não devem ser realizados durante a gravidez e o motivo disso.

Procedimentos não indicados durante a gravidez

Vimos que as grávidas podem realizar determinados procedimentos bucais, entretanto, outros devem ser evitados. 

No tópico abaixo, abordaremos alguns desses procedimentos. 

  1. Implantes dentários

Os implantes dentários não podem ser realizados durante a gestação.

O procedimento só pode ser feito com  a autorização do médico obstetra, pois a gestante pode ficar exposta a riscos indesejáveis e incômodos, que podem afetar o bebê.

  1. Extração do dente

Ninguém deseja perder um dente, principalmente no período da gravidez, mas, caso ocorra a necessidade de realizar a extração por causa de infecção, por exemplo, é preciso buscar com urgência o médico dentista para avaliar o quadro e identificar o melhor tratamento e momento.

Procedimentos que as grávidas podem fazer

A seguir, abordaremos alguns tratamentos dentários que as grávidas podem realizar. 

  1. Aparelho ortodôntico 

As gestantes podem usar dois tipos de aparelhos ortodônticos, o metálico – conhecido como tradicional – e o aparelho invisível. 

Não há contraindicações para o uso desse tratamento, sendo importante que o dentista acompanhe a paciente durante todo o período gestacional. 

Como as mulheres grávidas ficam mais sensíveis à dor, elas podem escolher o aparelho transparente, que possui algumas características mais confortáveis do que os tradicionais de metal. 

Esse aparelho vai trazer um sorriso mais bonito e natural e pode ser muito importante na vida da mulher para garantir sua autoestima e felicidade na chegada do bebê. 

  1. Limpeza dentária

Para manter a saúde dos dentes em dia, as grávidas estão liberadas a realizar a profilaxia, que é a limpeza dos dentes no consultório. 

Esse tratamento é realizado de forma periódica e evita que essas mulheres desenvolvam as doenças que citamos anteriormente. 

Outros fatores que ajudam a garantir a saúde bucal da gestante

Existe outro fator muito importante que é a alimentação  para a gestante. Isso porque manter uma alimentação saudável e equilibrada vai trazer diversos benefícios neste período, para a mãe e a criança.

No período da gravidez, é preciso evitar o uso de bebidas alcoólicas e o tabaco. Reforçar a escovação a cada refeição, sempre com suavidade e com o uso do fio dental também é crucial.

Isso porque as gestantes ficam mais propensas a adquirir essas doenças caso não haja uma higiene bucal adequada.

Cabe mencionar que o pré-natal odontológico ainda não é muito conhecido pelas mulheres grávidas, entretanto, o acompanhamento do dentista se faz necessário, pois é uma maneira de orientar e evitar o aparecimento de doenças bucais como cáries e gengivite.

Ao realizar os procedimentos de limpeza e higienização, a mulher irá garantir um parto mais saudável e tranquilo, além de trazer mais disposição e segurança para a mãe.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Clínica Ideal, plataforma especializada em marketing e gestão para consultórios e clínicas odontológicas.

Dicas para tirar boas fotos no Smartphone

Aproveite o máximo o potencial do seu smartphone, veja ótimas dicas para tirar boas fotos com ele!

Nos dias de hoje, os smartphones possuem câmeras cada vez mais poderosas e com altos recursos. Mas elas são nada mais que ferramentas, que precisam de tempo para que você consiga usar da forma correta e conseguir boas fotos de verdade. É por isso que no artigo de hoje você vai ver várias dicas para tirar boas fotos no smartphone e arrasar nas redes. Acompanhe conosco.

Dicas para tirar boas fotos no Smartphone

Algumas dicas podem soar óbvias ou simples mas ajudam bastante:

Evite usar o zoom digital

Embora alguns smartphones hoje possuam mais de uma lente (sendo uma grande angular e outra mais fechada), a maioria dos smartphones não contam com o recurso de “zoom ótico”. Dessa maneira, se você quiser chegar mais próximo da imagem você pode querer instintivamente dar um zoom digital fazendo o movimento de pinça com os dedos.

O problema nisso é que você está na verdade esticando a imagem e não realmente se aproximando dela, gerando fotos com mais ruído, pixels aparentes e uma perceptível perda de qualidade.

Use o poder das lentes externas

Hoje no mercado encontramos várias lentes externas que você coloca como um clip no celular. Elas adicionam efeitos, mais zoom ou até outras cores. Também é possível encontrar telescópios como o zoomshot pro ou lentes da sony que ajudam muito e podem te dar mais proximidade nas fotos.

Preste atenção no foco

fotos com celular

A primeira coisa a ser conferida quando se usa a câmera do celular é o foco. A maioria das pessoas ignoram esse passo essencial e confia no processo de tomada de decisão da câmera, mas nem sempre dá certo. Dê tempo para que o seu smartphone focalize com um pouco mais de precisão. Afaste-se, aproxime-se, teste até obter o melhor foco.

Evite o flash ao máximo

Usar o flash deixa as fotos com um aspecto bem amador, em grande parte porque é utilizado nas situações erradas.Além disso, o flash que vem equipado em smartphones é sempre bem fraco e não causa um efeito legal mesmo nas ocasiões certas. Uma boa solução é pedir para alguém próximo, deixar a lanterna do celular ligada e iluminar a cena ou simplesmente você se aproximar mais das luzes do ambiente.

Não esqueça de limpar as lentes da câmera

Parece algo tão óbvio, e por isso é tão importante. Nossa pele tem muita gordura e com o manuseio constante dos smartphones a lente pode ficar suja ou embaçada, o que deixa qualidade das fotos bem ruim. Manter uma lente limpa é essencial para ter fotografias mais nítidas. Lenços de microfibra são ideais para limpar o vidro das lentes do celular sem deixar riscos. Evite também usar capinhas e acessórios que cubram a lente, mesmo que parcialmente, pois eles podem atrapalhar o foco.

Aproveite o Modo HDR

Presente hoje em dia, mesmo modo HDR é um recurso capaz de melhorar consideravelmente a qualidade das suas imagens. A ideia dele é melhorar o contraste, proporcionando cores mais vibrantes e um nível de detalhamento mais alto. Para isso, ele tira três fotos com níveis de exposição diferentes e as sobrepõe, apresentando ao usuário a melhor qualidade possível.

Conclusão

Bom pessoal, esperamos que tenham gostado das nossas dicas e que consigam tirar fotos melhores com seu smartphones a partir delas.

pequeno negócios

Pequenos Negócios Lucrativos

Uma grande parcela da população brasileira tem ou sonha em ter um empreendimento próprio e ser dona da própria empresa, porém, nem todo mundo conta com crédito bancário ou investidores que possam apoiar esse sonho e portanto, a grande maioria das empresas brasileiras surgem como pequenos negócios.

Quer montar pequenos negócios lucrativos?

Aí vão algumas dicas:

Revenda de semijoias

Comprar folheados no atacado para revender é uma ótima maneira de montar um pequeno negócio lucrativo.

Semijoias e folheados, de modo geral, exigem um investimento muito baixo para quem está começando e esse tipo de produto tem um giro de vendas muito rápido!

Para quem está começando, o ideal é investir em peças neutras, como brincos pequenos, pulseiras femininas e escapulários masculinos, que podem conter versículos bíblicos ao invés de imagens de santos, atingindo assim todo público cristão e não apenas católicos.

A margem de lucro é bem interessante, podendo chegar a 400% em algumas peças e por serem itens pequenos, podem ser vendidos em qualquer lugar.

Além disso, vender semijoias no Instagram é bem fácil e fotografá-las também não exige muito conhecimento técnico ou investimento em cenários e modelos.

Para evitar “tomar calotes”, invista em uma maquininha de pagamentos para poder receber pagamentos por cartão de crédito ou débito.

Revenda de lingeries e roupas de ginástica

Vender lingerie pode parecer um clichê no mundo feminino, mas está longe de ser um mercado saturado.

Lingeries possuem excelente margem de lucro e quando o vendedor se compromete a trabalhar com um produto de qualidade diferenciada, cria uma clientela fixa, que indica para outras consumidoras e faz com que as vendas se multipliquem rapidamente.

Encontrar lingeries com qualidade excelente e preço justo para revender não é nada fácil e quem começa nessa empreitada, logo percebe como é difícil encontrar materiais que não desfiem, não desbotem, bojos que não entortem e aros de soutien que não machuquem.

O segredo do sucesso está exatamente aí: encontrar um produto de boa qualidade, com preço bom para revender e claro, não se esquecer da maquininha de pagamentos.

Vale citar que é possível unir o negócio de lingeries e roupas de ginástica ao negócio de revenda de semijoias e não apenas como “sacoleira”. Além das vendas que podem ocorrer no Instagram, enviando as peças para todo o Brasil, também é possível vender em diversos grupos do Facebook, com excelente alcance e sem custo nenhum!

Revenda de produtos por catálogos

negócio

Quem não tem capital para investir em um negócio que exija uma reserva financeira, pode começar com vendas por catálogos.

Com comissões em torno de 30% e sem a necessidade de grandes investimentos, é possível trabalhar com grandes marcas e aproveitar, não apenas para se capitalizar, mas também para criar uma clientela que poderá comprar semijoias, lingeries, roupas de academia e tudo o mais que você decidir vender, com margens de lucro maiores, posteriormente.

Criação de produtos digitais

Além do mercado de revenda de produtos físicos, quem tem uma habilidade específica também pode aproveitar para auxiliar e ensinar muitas pessoas através da venda de produtos digitais.

É possível criar e vender e-books, audiobooks, vídeo-aulas e cursos dos mais diversos segmentos:

  • Jardinagem
  • Artesanatos diversos
  • Nail Art
  • Culinária
  • Costura
  • Música
  • Criação e desenvolvimento Web
  • Gerenciamento de Mídias Sociais
  • Conserto de Notebooks, Pcs e smartphones; e muito, muito mais.

Qualquer talento ou habilidade que possa ser ensinada pode ser um excelente caminho para criar um pequeno negócio lucrativo.

Afiliação de produtos digitais

Quem não se sente seguro para lecionar sobre algum tema ou não sabe ao certo como desenvolver um produto digital, pode trabalhar também como afiliado de produtos digitais.

Os segmentos são os mais diversos, desde coachings de emagrecimento, nutrição e estética até marketing, finanças e negócios.

Basta encontrar um nicho com o qual você se identifique e tornar-se um afiliado.

Os afiliados de cursos digitais geralmente operam por plataformas como a Monetize, por exemplo e podem lucrar até 100% sobre o valor do produto digital vendido.

Prestação de serviços digitais como freelancer

Além dos produtos digitais, ainda é possível trabalhar como freelancer e criar um pequeno negócio lucrativo prestando serviços para lojas, blogs e todo tipo de pessoa que precise de um serviço digital.

Alguns dos serviços mais procurados são:

  • Criação de sites;
  • Criação de conteúdos para sites (textos e imagens);
  • Criação e edição de vídeos;
  • Otimização de sites (SEO);
  • Profissional de marketing online;
  • Criação de aplicativos mobile;
  • Gerenciamento de mídias sociais; e
  • Tradução de conteúdos.

A lista é extensa, mas esses com certeza são os principais serviços procurados em plataformas como o Workana, por exemplo.

Se você não gosta de trabalhar com vendas e tem habilidade com alguma das atividades acima, trabalhar como freelancer pode ser o primeiro passo para quem sabe, montar sua agência.

Além das sugestões acima, ainda é possível montar outros pequenos negócios como:

  • Venda de bolos e produtos para festas
  • Venda de marmitas fit
  • Delivery matinal de pães e frios
  • Apoio e reforço escolar

Tudo depende, claro, de encontrar suas habilidades, se esforçar para desenvolvê-las e começar.

A prova de que o pequeno negócio pode funcionar, é que, segundo o SEBRAE, em pesquisa realizada com mais de 6000 pessoas no final do ano de 2020, mais de 60% dos micro e pequenos empresários planejavam realizar mais investimentos em seus negócios em 2021, apesar do ano anterior ter sido tão atípico e assustador.

É natural que muita gente queira estar em um estado perfeito para dar o primeiro passo, mas grandes empresários garantem que a fórmula do sucesso é começar de onde está, usando o que tem e fazendo o possível, então, não demore para dar o primeiro passo e não tenha medo de errar. Use os erros como aprendizado e você terá muito sucesso.