Categoria: Dicas

O que é curso de gestão financeira? Aprenda aqui!

curso gestão financeira

Você conhece o curso de gestão financeira? Ele é uma ótima opção para quem já atua na área ou sonha em trabalhar com administração de finanças. Note, aliás, que esse é um importante papel e que as responsabilidades profissionais são diversas.

Para isso, o curso oferece inúmeras disciplinas com foco na gestão das finanças. Durante ele o aluno aprende sobre investimentos, alocação de recursos e controle de caixa. Por isso, é bastante interessante e, saiba desde já, possui demanda no mercado.

Caso você tenha se interessado no curso de gestão financeira, não deixe de continuar lendo para conhecer mais sobre essa graduação. Abaixo estão informações sobre a faculdade, bem como sobre a possibilidade de especialização e os ramos que abarca.

Curso de gestão financeira: como é?

O curso de graduação em ensino superior em gestão financeira é do tipo tecnólogo. Portanto, ele tem tempo inferior aos cursos tradicionais, com apenas 02 anos de duração. Além disso, é possível cursá-lo tanto na categoria presencial quanto EAD (ensino à distância).

Ao longo do curso o aluno se depara com disciplinas bastante específicas para sua futura atuação profissional. Por outro lado, quem já está no mercado de trabalho pode colocar desde logo em prática os conceitos.

Vale lembrar que este curso de gestão financeira está nas grades de diversas instituições em todo o Brasil. Assim, as disciplinas variam de acordo com a universidade escolhida.

Contudo, todos eles se utilizam de disciplinas ligadas à contabilidade e à matemática. Além disso, há estudo de diversos tipos de gestões, como de projetos, finanças, micro e macro economia, orçamento empresarial e, é claro, noções administrativas.

Da mesma forma como existe uma graduação com curso específico de gestão financeira, vale destacar que essa área também existe na modalidade de especialização. Com isso, pessoas com formação em ensino superior podem se se tornar especialistas nela.

Vale à pena fazer curso de Gestão Financeira?

Sim, vale à pena. Primeiramente, o curso de natureza tecnólogo tem reconhecimento pelo Ministério da Educação (MEC). Por isso, o diploma nele enriquece o currículo do formando.

Igualmente, esse é um curso bastante completo para a atuação profissional. Para isso, ele dispensa algumas disciplinas teóricas dos cursos de graduação do tipo bacharelado e foca no dia a dia da gestão.

Com isso, quem já trabalha na área administrativa pode aplicar desde logo os conhecimentos das aulas na sua profissão. Da mesma maneira, essa é uma forma mais rápida de obter o diploma em ensino superior.

Conheça as atribuições de um gestor financeiro

São diversas as atribuições que um gestor com formação no curso de gestão financeira pode assumir. Na prática, então, suas atividades incluem as seguintes funções:

  • Análise de demonstrativos financeiros, contábeis e de giro de caixa;
  • Acompanhar os fluxos de caixa, faturamentos, pagamentos e recebimentos da instituição empresarial;
  • Emissão de notas fiscais e recolhimentos de impostos;
  • Promoção de auditorias internas para melhoria na aplicação de recursos e aumento do retorno financeiro;
  • Análise do mercado e desenvolvimento de estratégias financeiras.

Características de um gestor financeiro

Um gestor financeiro tem, ainda, algumas características de atuação que são cruciais para o seu dia a dia. Dentre elas estão a capacidade de comunicação com as equipes, bem como de liderança perante elas.

Da mesma maneira, quem se forma na faculdade de gestão financeira deve atuar com ética e responsabilidade social, bem como ter raciocínio lógico e estratégico que auxilie nas suas atividades.

A avaliação de riscos e sua capacidade de decisões são outros pontos indispensáveis na atuação do profissional de gestão financeira. Todas essas capacidades, contudo, têm desenvolvimento ao longo do curso de graduação, de forma que ele prepara devidamente os profissionais.

Quais são os cargos que um gestor financeiro pode assumir?

Assim como suas atribuições e capacidades são diversas, os cargos que o profissional com formação no curso de gestão financeira pode assumir são inúmeros. Isso, pois ele tem uma série de conhecimentos completos dentro das áreas de finanças.

Por exemplo, estão dentre os cargos que ele pode assumir os de analista. Dentro dele, então, são inúmeras as atuações. São elas a de análise financeira, de crédito, investimentos ou do próprio mercado financeiro.

Igualmente, existem as atribuições de orçamentista, bem como de gerente de finanças ou de contas. Outras possibilidades são a consultoria financeira ou a supervisão de operações dessa natureza.

Note, portanto, que o profissional com formação no curso de gestão de finanças encontra amplos espaços de atuação. E onde eles estão? Tanto nas empresas públicas quanto privadas.

Já a média salarial também é bastante atrativa. Isso porque ela é, em nível nacional, de R$ 5.465,22. Porém, varia de acordo com cada estado, bem como o cargo específico que o profissional assume.

Seja como for, o curso de gestão financeira é uma ótima oportunidade para obter o diploma em ensino superior e encontrar lugar no mercado de trabalho.

Se você gostou das dicas, fique por dentro do nosso blog que estamos publicando conteúdo frequentemente por aqui.

O que é Logística? Descubra todos os detalhes sobre o curso

logistica

Você sabe o que é logística? Pois saiba que todos os produtos que você compra dependem dos procedimentos que essa área envolve. Afinal, ela é essencial para que a distribuição de produtos seja feita com qualidade e dentro dos prazos.

Portanto, independentemente se a compra é feita pela internet ou presencialmente, a logística está presente. Ela compõe, inclusive, cursos técnicos e tecnólogos que formam o profissional para exercer suas atividades com qualidade.

Essa é, aliás, uma área cada vez mais promissora e que oferece inúmeras vagas e espaço no mercado de trabalho. Abaixo, então, confira os detalhes sobre os cursos de logística, suas matérias e como o profissional atua dentro do mercado.

O que é logística?

A logística realiza um importante papel nos processos produtivos e na cadeia de suprimentos. Isso, pois ela é responsável por garantir a distribuição correta da produção, bem como da destinação que ela recebe.

Assim, ela nada mais é do que uma especialidade que, por sua vez, compõe a administração de processos. Ela cuida da distribuição de produtos. Para isso, acompanha-os desde a sua origem até a sua entrega ao consumidor final.

Igualmente, o que é logística envolve o gerenciamento de estoques. Afinal, estes são essenciais para que garantam, então, o envio dos produtos para as distribuidoras ou para o consumidor final.

Ao mesmo tempo, a área também abarca o transporte desses produtos. Antes destes, aliás, trabalhava com o próprio fornecimento de matérias-primas que permitam a formação do produto e do estoque para, enfim, ir até o cliente.

Portanto, o que é logística se infiltra em diversos pontos da produção. Considere, por exemplo, o custo dos envios, os materiais necessários tanto para o envio quanto para a produção e criação de estoque e, também, toda a questão relacionada à entrega ao consumidor.

Isso demonstra, por si só, que essa é uma área bastante complexa e muito importante. Ela atua, afinal, na própria imagem que uma empresa constrói perante sua clientela. Um bom exemplo é o cumprimento de prazos e a entrega do produto em ótimo estado, sem qualquer avaria decorrente do transporte.

Como atuam os profissionais de logística?

Conforme vimos, são inúmeras as questões e atividades que o curso e os profissionais de logística assumem! A atuação, então, é tão diversa quanto, e por isso que essa é uma ótima opção de carreira para quem busca se profissionalizar.

Com o crescimento do comércio online os procedimentos do que é logística ganharam ainda mais relevância. Afinal, a internet aumentou a base de consumidores das empresas que não mais se limitam ao local em que se localizam.

Assim, como garantir que todos os clientes que têm acesso aos produtos irão recebê-los com qualidade? Como desenvolver estratégias de produção que acompanhem a demanda e, ainda, respeitem os prazos de entrega?

Tudo isso se inclui nas atividades e na atuação do profissional de logística. Portanto, dentre os principais locais em que eles atuam estão:

  • Transportadoras;
  • Portos e aeroportos;
  • Comércios de varejo e atacado;
  • Indústrias;
  • Distribuidora de produtos;
  • Importadoras e exportadoras.

Os cargos de exercício do que é logística, então, possuem grande variação também:

  • Coordenador;
  • Diretor de operações;
  • Encarregado de operações;
  • Diretor de suprimentos;
  • Gestor de produtos e processos.

Cursos de logística

Atualmente existem dois tipos de cursos de logística. Contudo, cabe lembrar que o que é logística também encontra estudo dentro do curso de graduação de Administração. Nesse caso, no entanto, o estudo é muito mais raso.

Então, em relação aos cursos específicos para logística, existe um de natureza técnica e, outro, tecnólogo. Enquanto o primeiro possui apenas 01 ano de duração, o segundo envolve 0 anos de estudos.

O curso tecnólogo, embora mais curto, também encontra menos aprofundamento nas matérias. Por outro lado, a certificação superior no curso tecnólogo apresenta um diploma mais robusto e maior espaço no mercado de trabalho.

Matérias que compõem o que é logística

A base curricular do curso de tecnólogo em logística é bastante ampla. Ela se baseia tanto na Administração quanto na Economia, Finanças e Gestão. Por isso, é bastante completo e conta com diversas disciplinas.

Dentre as matérias mais comuns estão:

  • Economia e comércio exterior;
  • Gestão de estoque de suprimentos;
  • Logística empresarial;
  • Pesquisa operacional;
  • Soluções logísticas de classe mundial;
  • Gestão de pessoas;
  • Impacto ambiental e logística reversa;
  • Funções da Administração;
  • Métodos numéricos aplicados à gestão;
  • Análise de custos;
  • Empreendedorismo;
  • Informática aplicada;
  • Recursos humanos.

Assim, pode-se concluir que o que é logística envolve, em verdade, diversas áreas e conhecimentos que se fazem indispensáveis para o controle de produção e distribuição de produtos.

Portanto, esse é um ótimo curso para quem tem interesse em administração, bem como nos processos produtivos e na distribuição de mercadorias. Não deixe de considerar, dessa maneira, esse curso como uma ótima oportunidade de carreira.

Dicas para focar mais estudando a distância

Já parou para pensar como as estruturas educacionais se transformaram nos últimos anos? Aparentemente tudo tinha se mantido de maneira bastante semelhante desde as eras medievais e das grandes navegações.

Com o advento da física moderna, o cálculo e outras descobertas científicas, foi possível definitivamente criar novas estruturas. Mas o processo de um professor, vários alunos e uma sala de aula parece ainda estar bem concretizado.

Realmente, quem esteve na educação básica no início dos anos 2000 talvez tenha encontrado os famosos retroprojetores, acompanhados de um quadro no máximo que aceitasse canetas Pilot.

Mas de fato a mudança só começou a acontecer de verdade com a popularização não só dos computadores, como também da internet. Através de uma boa qualidade de conexão e processamento, foi possível criar meios mais intuitivos de aprendizado.

Agora não só você poderia aprender a hora que quisesse, o que quisesse, e onde quisesse, mas também teria a oportunidade de interagir com o conteúdo. Você não precisava ficar gastando o seu tempo copiando no caderno o que era escrito com giz no quadro.

Realmente se tornou algo muito óbvio o quanto os métodos tradicionais eram rudimentares, e até mesmo ineficazes.

Por isso a tendência de cursos online realmente tem crescido muito, sendo que não há qualquer tipo de previsão para que eles se tornem algo irrelevante ou mesmo ultrapassado.

Mas por outro lado, a modalidade EaD, ou Ensino à Distância pode trazer seus inconvenientes também.

Como por exemplo a tentação de fazer qualquer outra coisa menos estudar. O foco é o grande desafio para aqueles que estudam de maneira mais livre. Afinal de contas você está acessando o conteúdo geralmente do mesmo dispositivo que você tem seu lazer.

Hoje vamos te ensinar a superar isso!

Como focar de maneira adequada estudando a distância?

Primeiramente é importante dizer que cada pessoa é única. Então os motivos que fazem alguém perder o foco podem também ser muito variados.

Às vezes é comum que uma pessoa seja naturalmente dedicada aos estudos, enquanto outras possuem dificuldade natural de concentração.

Por isso não só motivos, como também abordagens podem ser diferentes dependendo de quem está aprendendo.

Aqui estamos trazendo para vocês algumas possibilidades que podem realmente revolucionar todo o seu hábito de estudo. Mas em alguns casos uma intervenção profissional pode ser necessária e não há nada errado com isso.

Errado mesmo é não querer resolver seu problema. Vamos prosseguir?

1 – Defina um horário

Ter uma hora fixa para estudar acaba sendo extremamente importante para que você levante resultados de verdade. Quando não marcamos um horário para algo, estamos simplesmente dizendo que faremos aquela atividade quando não houver mais nenhuma outra ocupação.

Entretanto, isso é assumir a derrota sem ao menos tentar lutar. Por isso, recomendo plenamente que você faça o seu melhor para não cair em uma armadilha do tipo.

Não é necessário separar muitas horas, mas é importante lembrar que o tamanho do curso realmente irá influenciar na sua escolha.

Se seu foco é um curso de inglês online que está no nível básico, um exercício de estudo diário entre 30 minutos e 1 hora é mais do que suficiente.

Quem tem mais tempo disponível pode dedicar ainda mais à atividade. O que não pode acontecer é você simplesmente fazer o mínimo de esforço possível esperando que vá encontrar uma brecha durante o dia.

2 – Escolha um bom ambiente

Cursos online normalmente não vão exigir de você um horário fixo, nem ao menos um tempo máximo para graduação. Mas é importante notar que você não só tem que separar um horário, como também precisa ser um momento de qualidade.

Tentar estudar com muitas pessoas em volta de você conversando, ter um local com posição desconfortável, ou qualquer outra coisa do tipo, realmente não será uma boa ideia.

Sendo assim, eu recomendo plenamente que você utilize o seu tempo e concentração para encontrar um ambiente agradável de estudo. Que muitas vezes pode ser fora da sua casa.

Não é porque o curso é a distância que você precisa seguir o padrão de estudar sempre no mesmo lugar.

Às vezes um parque ou uma biblioteca podem ser locais realmente produtivos e interessantes.

3 – Tenha a motivação certa

Digamos que você tenha escolhido a opção de fazer um curso de cuidador de idosos. Realmente esta é uma opção que traz excelentes oportunidades de trabalho.

Mas para se garantir um estudo de qualidade real é necessário estar à vontade com o conteúdo. Deve se seguir uma ideia bastante fixa do que você deseja para o seu futuro.

É muito difícil estudar sobre algo que você não deseja para sua vida. Por isso acaba se tornando muitas vezes uma atividade tão problemática que você não absorve praticamente nada do que foi dito.

4 – Crie metas

O ensino à distância faz com que muitos se sintam bastante livres em vários aspectos. Não ter uma grade definida em prazos para se formar em algo realmente faz com que muitos não queiram prosseguir em direção nenhuma.

Por isso, a minha recomendação é que você se preocupe e não deixe que as coisas sejam levadas de qualquer jeito.

Crie um cronograma, não só de horário, mas também de datas para concluir o curso e estudar cada parte do conteúdo.

Realmente é uma motivação um tanto quanto desafiadora. Mas costuma trazer resultados muito interessantes para todos.

5 – Busque conhecimento prático

Você não tem como trazer o laboratório da sua faculdade até sua casa. Nem ao menos conseguirá ter como importar muitas coisas do seu curso de maneira presencial.

Mas o conhecimento prático é algo essencial para o aprendizado. Cursos de formação profissionalizante livre, realmente dão a pessoa a possibilidade de escolher de maneira muito mais aberta como irão implementar seus conhecimentos na prática.

Infelizmente muitos consideram isto como um passe livre para evitar esta etapa, o que não poderia ser mais errado.

Sendo assim, a nossa recomendação é sempre procurar ao menos um estágio na área, ou então dar um jeito de trazer a teoria até o seu dia a dia.

No mais é isso, qualquer dúvida é só nos chamar!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.

seo

SEO x SEM: o que é e qual devo usar?

O marketing evoluiu e se desenvolveu muito nos últimos tempos e por conta dessa renovação e transformação muitos termos e técnicas começaram a vir à tona e serem usados no cotidiano de quem trabalha ou aprende sobre marketing. Nesse cenário, dois conceitos estão cada vez mais em alta, sendo discutidos: o SEO e SEM.

Essas palavras, quando entendidas, permitem que todo o sistema de vendas e divulgação das marcas, produtos e serviços cheguem em maiores estágios e alcancem o público-alvo pretendido, convertendo-os com mais qualidade.

No presente artigo abordaremos o que são cada uma das siglas, como elas se encaixam dentro do marketing, principalmente o marketing digital e algumas das estratégias que são usadas para cada método. 

O que é o SEO?

Hoje, uma das principais ferramentas do marketing é o conteúdo. Assim, é muito importante que esse material chegue até o interessado, que no caso é o cliente, de forma facilitada.

Com isso, além de qualidade no conteúdo e na forma, é necessário saber como o conteúdo sairá da produtora e irá encontrar o cliente quando este mais precisar. Uma das formas, voltadas para esse tipo de problema na internet, é o que chamamos de SEO.

O SEO é um acrônimo para a palavra em inglês Search Engine Optimization, ou em tradução livre para o português, “Otimização em motores de busca”.

De maneira simplificada, pode-se afirmar que o principal trabalho do SEO é fazer com que o conteúdo seja posicionado de forma mais otimizada em mecanismos de busca, principalmente o Google.

Lembre-se, esse posicionamento no SEO é feito de forma orgânica, portanto, faz com que seu conteúdo consiga estar nas melhores posições ao utilizar algumas estratégias no conteúdo e site, sem que seja necessário patrocinar o link.

O SEO é muito usado em materiais e conteúdos de texto, entretanto, a internet nada mais é que um ambiente de linhas de programação escritas. Assim, tudo o que possui tags e palavras-chaves bem definidas e aplicadas pode ser usado para que o conteúdo seja melhor posicionado.

Deste modo, o SEO pode ser, inclusive, usado em conteúdos de vídeos, desde que em sua descrição sejam aplicadas uma boa descrição que permita a localização pelo cliente no momento da busca, como o uso de uma boa palavra-chave para o tema abordado.

Para entendermos melhor a importância do SEO nas estratégias de marketing digital, abordaremos alguns fatos do setor.

Segundo pesquisas, cerca de 60% dos cliques dados em links que aparecem no Google estão nos três primeiros resultados encontrados. Isso faz com que a preocupação com o posicionamento seja adequada e eficiente, possibilitando uma maior localização e conversão.

Para que isso seja possível, o SEO usa palavras-chaves, repetições, palavras e frases que “impulsionam” dentro de um texto que permite que o algoritmo identifique que seu conteúdo corresponde ao que o cliente digita na barra de pesquisa e melhor responde a dúvida daquele usuário – por isso, o texto também precisa ser de qualidade e aprofundado.

Nesse ponto, cabe dizer que o próprio comportamento dos demais leitores também impactará no direcionamento do algoritmo para os sites. Assim, é preciso que a palavra-chave realmente corresponda ao tema abordado e atenda o usuário.

Assim, o profissional SEO deve pesquisar as palavras-chaves em alta para o seu nicho, procurando desenvolver conteúdos que fazem com que sejam mais procurados e visualizados, e assim sucessivamente.

Contudo, além do SEO, como pode ser visto, existe o SEM outra metodologia para localização dos conteúdos e que falaremos com mais detalhes no tópico abaixo.

O que é o SEM?

O SEM, assim como o SEO, é um acrônimo para a palavra em inglês, sendo ela o “Search Engine Marketing”, ou em uma tradução livre para o português “busca pelo motor do marketing” ou conhecido como PPC – pay-per-click, ou pago por clique. 

Ao contrário do SEO, o SEM usa as plataformas de publicidade de forma paga, ou seja, não usam estratégias para posicionar os links nos primeiros lugares dos mecanismos de busca, mas identifica as melhores palavras-chave para aquele nicho e a patrocina para que apareça na primeira página de buscas com aquele termo.

Por isso, não pense que a estratégia do SEM não é pensada, pois é preciso compreender o desejo do público e o objetivo que se deseja alcançar, podendo aplicar o SEO também em sua configuração. Contudo, sua principal forma de atuação é por meio dos anúncios pagos.

Geralmente, os profissionais do SEM trabalham por campanha, fazendo toda uma estratégia específica para escolha e aplicação de valores e palavras. 

Por conta disso, são bastante aplicadas em campanhas e ações pontuais, mas também podem estar presentes em outras estratégias de marketing.

Isso difere do SEO, que é uma estratégia contínua de posicionamento nos mecanismos de busca, visando médio e longo prazo. 

Alguns dos modelos de campanha que usam o SEM podem incluir:

  • Anúncios de textos;
  • Anúncios por e-mails patrocinados;
  • Anúncios em vídeo;
  • Anúncios por meio de banners digitais.

As técnicas do SEM costumam ser usadas para resultados mais rápidos, pois ao impulsionar uma publicação ou um conteúdo, esta chega de forma mais rápida aos clientes em potenciais.

Com isso, elas também conseguem ter melhores resultados, que podem ser integradas a outras campanhas.

Por exemplo, é possível que haja uma análise prévia sobre o disparo de e-mails sobre uma promoção específica em uma loja, visando alcançar antigos clientes ou pessoas que já tenham, pelo menos, montado um carrinho na loja.

Para isso, ferramentas como o CRM podem ser integradas às campanhas, identificando os contatos e interações dos clientes, encaminhando e-mails e publicidades mais assertivas para aqueles que já interagiram com a marca, ao invés de aguardar a procura por algum produto/serviço.

Independentemente do SEM ou do SEO serem aplicados, ambas as ferramentas são muito importantes para a melhora da visibilidade do site e para conferir um tráfego de qualidade nas redes, permitindo que os empreendedores saibam melhor quem é o seu público e quais estratégias são mais efetivas para encontrá-los e fidelizá-los.

Inclusive, há a possibilidade de veicular conteúdos e campanhas baseadas em ambas as estratégias de forma mútua, atraindo um grande volume de leads e os fidelizando a longo prazo por meio dos conteúdos, mantendo o ciclo de compra do cliente.

Por fim, é importante salientar que ambas as ferramentas precisam ser testadas e otimizadas de forma contínua para que os melhores resultados sejam alcançados e melhorias sejam feitas conforme mudanças de comportamento do usuário, objetivos da empresa ou mesmo otimização dos mecanismos de busca. 

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Top News Tech, site voltado para a veiculação de conteúdos ricos e relevantes para empresas de diversos nichos, bem como estratégias que contribuem para o desenvolvimento do negócio.

detetive

Mesmo em pandemia a procura por serviços de detetives virtuais não para

Com o crescente aumento de golpes na internet, está cada vez mais complicado rastrear e localizar as pessoas que os cometem. Isso se dá principalmente pela facilidade com que novas ferramentas são desenvolvidas no mercado negro de hackers, portanto, sendo bastante difícil encontrar um padrão nesses crimes. Muito provavelmente um usuário comum da internet jamais conseguirá rastrear uma pessoa que cometeu um crime contra ele por conta própria, haja vista as limitações em relação aos sistemas de informação da internet que o homem médio possui. 

Para isso, existe uma opção segura e que fará todo o trabalho de rastreamento e localização do criminoso, os famosos detetives virtuais. Esse profissional atuará da mesma forma que os detetives e peritos tradicionais atuam, a única diferença se dará na forma de persecução do criminoso, que será por meio de rastros digitais deixados por ele, rastros esses impossíveis de identificar por uma pessoa que não tenha formação na área de tecnologia da informação. 

Investigação virtual para localizar um devedor

As pesquisas virtuais são feitas a partir de dados ou rastros que deixamos na nossa navegação. Por exemplo, no momento em que entramos em um site, esse site salva nossa atividade nele, os links que clicamos, quanto tempo passamos nele e quais buscas realizamos. Todas essas informações ficam salvas numa base de dados ou como é conhecido popularmente, Database, que fica armazenado nos servidores do site. 

É por meio dessas migalhas que o caminho será traçado e toda a pesquisa virtual será concluída. Para isso, é de fundamental importância a contratação de um detetive para localizar um devedor. Ele será responsável por identificar esses passos e realizar a pesquisa minuciosa a fim de determinar o que a pessoa anda pesquisando e qual o objetivo da pesquisa. 

Muitas vezes a falta de um detetive particular virtual faz com que as pessoas realizem a pesquisa de maneira errônea, onde por vezes acabam até mesmo caindo em golpes de pessoas que se passam por detetives virtuais particulares, onde oferecem serviços virtuais de detetive, mas que na verdade não passa de golpe.

Como é feito uma investigação virtual é possível usar as redes sociais?

É totalmente possível realizar uma investigação virtual de alguém através das redes sociais. Essa é a função dos detetives virtuais particulares, cuja tarefa se dá por uma complexidade de atos que remontarão todas hipóteses pensadas por eles. Essa investigação levantará todas as informações necessárias para confirmar algo que o cliente desconfia ou pensa estar acontecendo. 

Geralmente, as pessoas acabam postando muito a respeito de suas vidas nas redes sociais, o que facilita bastante a investigação de suas vidas, uma vez que para todos os lugares que vão, sempre postam sua localização. Muitas vezes a falta de um detetive particular virtual faz com que as pessoas realizem a pesquisa de maneira errônea, onde por vezes acabam até mesmo caindo em golpes de pessoas que se passam por detetives virtuais particulares, onde oferecem serviços virtuais de detetive, mas que na verdade não passa de golpe. 

Por fim, vale mencionar que bastando criar um perfil fake em qualquer das redes sociais, é possível ter acesso a informações do perfil que se está buscando e até mesmo se passar por outra pessoa na hora da conversa para conseguir informações. Para isso, não há necessidade de se utilizar qualquer meio digital ou que possa driblar o sistema de internet, bastando apenas que o detetive virtual saiba conversar e convencer a pessoa a fazer aquilo que ele deseja se passando por outra pessoa

As provas servem para ser ajuizadas em processo?

Essa pergunta irá depender bastante do meio que foi utilizado para produzir essas provas. Caso tenham sido obtidas por meios lícitos, é totalmente possível sua utilização em processos. Já se as provas forem obtidas através de invasões de dispositivos ou qualquer meio fraudulento que venha a contaminar o processo, elas serão de imediato dispensadas.

Como é cobrado para levantar um endereço?

Geralmente não são cobrados preços fixos, mas sim, um valor de acordo com a complexidade exigida para desvendar o caso. Portanto, não há que se falar em um valor base na hora da realização das buscas. Isso será combinado com o detetive após o cliente explicar o caso concreto. Vale ressaltar que é necessário sempre buscar profissionais de qualidade, pois são informações pessoais e sensíveis que a pessoa estará disponibilizando a essas pessoas, o que irá favorecer a possibilidade de ter seus dados utilizados de má fé para realizar empréstimos e compras no mercado.

Conheça os procedimentos para um sorriso bonito

sorriso bonito

Fazer uma visita regular ao dentista e passar por procedimentos para um sorriso bonito é uma constante para aqueles que se preocupam com a saúde bucal e visam conquistar mais harmonia nesta região.

Um sorriso pode ser o motivo para um início de conversa entre duas pessoas e pode fazer parte do atendimento simpático em um estabelecimento comercial. 

Por isso cuidar da aparência dos dentes, além de fazer bem para a saúde, também faz parte do convívio social e impacta na autoestima e confiança.

As relações sociais são formadas a partir das características pessoais, de alguma forma. Uma postura corporal pode ser interpretada como uma abertura para o diálogo, por exemplo.

Os profissionais que atuam no ramo de vendas precisam estar bem apessoados, com vestimentas apropriadas e o sorriso no rosto é uma marca durável, que não escapa da memória coletiva.

Para se ter uma ideia da força que a imagem de um sorriso tem, no imaginário coletivo os apresentadores de TV esbanjam simpatia e alegria nos programas de auditório, e lá está o sorriso estampado no rosto, assim como em todos os participantes e na plateia. 

Não à toa, ainda hoje muitos relacionam um “sorriso perfeito” às capas de revista e influencers nas redes sociais.

No entanto, para ter um sorriso bonito, é preciso cuidar dos dentes de uma maneira rotineira. Algumas tarefas podem ser praticadas cotidianamente, favorecendo sua saúde e beleza, como:

  • Utilizar escova de dente corretamente;
  • Fazer uso do fio dental;
  • Passar um enxaguante bucal;
  • Seguir as dicas de especialistas.

Portanto, é preciso estar em contato com um dentista regularmente, para verificar como estão as condições dos dentes e de toda a via oral, pois ela é importante para a saúde do corpo. 

Vale lembrar que toda alimentação que dá força e energia para o corpo passa pela boca, local em que os alimentos sólidos são triturados pelos dentes e o sabor é percebido pela papila gustativa.

Correção pode ser necessária de maneira pontual

A arcada dentária, assim como a digital dos dedos, é única e pessoal. Essa exclusividade determina as características de uma pessoa, o meio como sorri, se alimenta e respira, bem como suas necessidades específicas ao buscar tratamentos.

Em casos específicos pode ser necessário uma correção que dispensa o uso de aparelho ortodôntico. É o caso do diastema, os dentes da frente que são separados por um pedaço da gengiva.

Para que a correção seja realizada sem o uso de aparelhos, os profissionais que atuam na área da odontologia trabalham com a lente de contato dental, uma resina milimétrica que é aplicada na região.

Caso o diastema esteja presente por toda a arcada dentária, pode ser indicado a aplicação de um aparelho ortodôntico e, se necessário, a aplicação de uma lente após todo o tratamento, para empregar um acabamento fino.

Tecnologia ajuda no alinhamento dos dentes

As pessoas que usam chupeta durante a infância podem precisar de uma correção mais contundente na fase da adolescência, ou quando chegam à maturidade.

Para garantir um sorriso bonito, dentistas estão indicando o uso do aparelho dental invisivel, um acessório que é produzido a partir do molde de toda a via oral do paciente.

Com um scanner moderno, é possível verificar toda a área da boca de quem vai receber o tratamento, com as dimensões corretas do palato, da língua, da gengiva superior e inferior, além dos dentes.

Assim, o tratamento pode ser feito de maneira personalizada e exclusiva, fazendo com que a estrutura se acomode de melhor forma na cavidade.

A aplicação do aparelho invisivel é indicada conforme as condições da arcada dentária, sendo um tratamento muito efetivo e atendendo casos semelhantes aos aparelhos fixos.

Esse tipo de aparelho é móvel, o que facilita o dia a dia do paciente, podendo remover quando chega a hora da higienização dos dentes e do equipamento. 

O modelo móvel pode ser usado a partir do momento que os dentes permanentes estiverem compondo a mordida e o fixo próximo aos 11 anos.

Dentes brancos com tratamento adequado

O uso de lentes sobre os dentes naturais ou mesmo aplicação de aparelhos para correção ortodôntica podem influenciar sobre o esmalte que cobre a superfície dental. 

Dessa forma, em determinados momentos da vida, mesmo após a profilaxia pode ser necessário fazer um clareamento dental para que o sorriso fique atraente e brilhante, na medida certa.

Apesar do mercado oferecer produtos que prometem recuperar o brilho e atuar no fortalecimento dos dentes, o mais indicado é procurar a ajuda de um profissional e fazer todo o tratamento sob a responsabilidade do odontologista.

Dentro de uma clínica odontológica, os produtos que são aplicados possuem aprovação junto ao conselho de odontologia e ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), assim como da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

Os equipamentos são utilizados de maneira adequada, por um profissional gabaritado. 

Por isso, não importa quanto custa um clareamento dental, desde que seja realizado de maneira apropriada, garantindo um sorriso brilhante e de forma segura.

Para realizar o clareamento, no entanto, é preciso que o paciente tenha ao menos 15 anos, tendo a estrutura da arcada formada. Por esse motivo, estimular o cuidado de higienização durante toda a vida é crucial para a qualidade da dentição.

É preciso valorizar o sorriso de todas as formas. Para os papais e mamães, ver o filho sorrindo é um motivo de alegria em saber que a felicidade está estampada no rosto de uma forma tão natural.

Assim, para contribuir com esses momentos, a visita ao consultório dentário deve ser estimulada desde pequeno, para que as pessoas tenham os dentes saudáveis e possam sorrir com segurança, esbanjando beleza e alegria por onde passarem.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações, dicas e conteúdos ricos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Odontopediatria: saiba a sua importância

odontoterapia

Os dentistas são muito importantes para que a nossa saúde bucal seja mantida em dia, afinal, eles permitem a identificação de possíveis doenças, fazem a limpeza bucal e promovem o bem-estar. Ir ao dentista precisa ser uma prática que deve ser levada a sério desde de criança e, para isso, já que existe a especialidade da odontopediatria.

A odontopediatria é uma das muitas especialidades do ramo odontológico e tem como objetivo o cuidado da saúde bucal das crianças. 

Assim, os odontopediatras do convenio odontologico são importantes para quem inicia a vida.

A consulta com esse profissional ocorre até o início da adolescência, quando este pode recorrer a um cirurgião-dentista geral, porém, em alguns casos o tratamento com o odontopediatra pode se estender.

No presente artigo entenderemos com mais detalhes sobre essa especialidade e como ela é benéfica para as crianças e para o desenvolvimento de uma saúde bucal equilibrada e eficiente.

O que é a odontopediatria?

A odontopediatria é entendida como uma especialidade odontológica que visa o tratamento da saúde bucal e dos dentes dos bebês até a fase da adolescência.

São esses profissionais que farão todo o acompanhamento da evolução dos dentes, desde sua formação até tratamentos para correção, permitindo que o sorriso dos pequenos fiquem prevenidos até mesmo dos menores problemas possíveis.

Por conta do cuidado necessário no atendimento específico para as crianças e adolescentes, essa é uma das especialidades mais procuradas no plano odontologico.

Os dentistas odontopediátricos também são responsáveis por realizar o que chamamos de pré-natal odontológico, para evitar o aparecimento de doenças bucais que podem afetar a criança que está sendo gestada.

Além disso, ele acompanha a primeira dentição e a transição para os dentes permanentes. 

Neste ponto, é importante lembrar que a especialidade da odontopediatria é integrada pois abrange variados aspectos da saúde, como:

  • Procedimentos cirúrgicos;
  • Restauradores;
  • Procedimentos preventivos;
  • Tratamentos endodônticos.

No tópico abaixo abordaremos como um odontopediatra pode ajudar no tratamento da saúde bucal das crianças.

Como a odontopediatria pode ajudar?

Os odontopediatras podem realizar uma série de procedimentos que ajudam os pequenos a terem uma melhor qualidade de vida e ainda deixar o sorriso ainda mais bonito.

Isso porque o tratamento com as crianças demandam uma série de componentes que muitas vezes não se possui na análise do adulto, como a anamnese sobre o estado de saúde do paciente e também da família, além de conseguir detalhes sobre a rotina e o  histórico familiar.

Esses dados permitem que o profissional odontopediatria do seu plano odontologico para MEI consiga consultar seu filho de forma muito mais eficiente e detalhada.

Além disso, os cuidados adotados com os pequenos durante o atendimento diferem daqueles que serão tomados no atendimento com um adulto.

Um exemplo é a limpeza realizada pelos odontopediatras para evitar o aparecimento de cáries que são muito comuns na infância, principalmente pelo alto consumo de açúcares. 

Caso o dente seja prejudicado pela cárie, é possível recorrer a uma técnica conhecida como ART (Tratamento restaurador atraumático), sem demandar a aplicação da anestesia, por exemplo.

Há algumas situações em que o odontopediatra atua de forma mais profunda e eficiente e é o que veremos abaixo.

  1. Atenção aos primeiros dentes

O odontopediatra cuida tanto da saúde bucal da mãe no período conhecido como pré-natal como prestará orientações durante os primeiros dentes que aparecem na criança. 

O acompanhamento com esse tipo de profissional é importante pois muitos pais ficam em dúvida se começam com a higienização antes ou depois do aparecimento dos dentes, bem como sobre os cuidados necessários durante o processo, ou mesmo sobre produtos aplicados.

Por isso, é necessário se consultar com o odontopediatra para avaliar o momento ideal de iniciar a escovação, por exemplo.

Inclusive, cabe dizer que o ideal é que ela ocorra ao aparecimento do primeiro dente. Antes disso, é possível limpar as gengivas dos bebês com gaze umedecida com soro fisiológico, preservando o tecido.

  1. Higiene bucal infantil

O odontopediatra do plano odonto empresarial contribui de forma efetiva no auxílio e ensinamentos de crianças sobre a importância de manterem a higiene bucal e como fazê-la corretamente.

Contudo, esse reforço também deve ser feito por meio da orientação dos pais na infância, sendo realizada conforme a indicação pelos responsáveis até que a criança possa fazer o processo sozinha.

Para a higienização efetiva, algumas recomendações da odontopediatria são quanto a frequência e quantidade de escovação.

Por exemplo, o processo de higienização deve ser feito pela manhã, após o almoço e antes de dormir, sendo que o último horário é o momento em que menos há produção de saliva.

Usar creme dental em pouquíssima quantidade, mas que sejam fluoretadas, também é uma atenção necessária.

  1. Prevenção de problemas bucais

A odontopediatria pode ser acessada de forma mais facilitada por meio de plano dental coletivo empresarial, que garante uma maior cobertura.

Assim, o acesso periódico permite que as consultas evitem o aparecimento de doenças, já que o acompanhamento é feito de forma sistemática e eficiente.

Entendemos então o que é a odontopediatria e qual seu nível de atuação para uma melhor qualidade de vida e saúde das crianças.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações, dicas e conteúdos ricos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

bairros

Os bairros com o metro quadrado mais caro de curitiba

bairros

A capital do Paraná é uma das melhores para se viver do país. Quando o assunto é qualidade de vida e bem-estar, Curitiba se destaca das demais capitais do Brasil estando entre as 10 melhores para se viver. Além de uma infraestrutura completa e uma localização pra lá de privilegiada, a capital paranaense também se mostra um dos pontos mais desenvolvidos do país e concentra bairros de alto padrão que também figuram entre os mais charmosos e bonitos do território nacional. Se você está buscando por um bairro alto padrão em Curitiba, mas ainda não se decidiu se é melhor comprar um apartamento à venda no Cabral ou um apartamento no Batel, descubra neste artigo.

BATEL: O Batel, é sem dúvidas, um dos bairros de alto padrão mais cobiçados de Curitiba. Ter um apartamento no Batel é sinônimo de muita qualidade de vida. Sua área fica próxima ao centro da cidade, além de estar em uma região valorizada de Curitiba. O comércio oferece algumas das melhores opções gastronômicas da cidade e de entretenimento, dentre elas o Shopping Patio Batel que conta com lojas de grifes internacionais renomadas. No Batel também está a praça da Espanha que recebe grandes shows e espetáculos culturais.

BIGORRILHO: Comprar apartamento no Bigorrilho é investir em uma área que traz muito conforto e comodidade. Assim como ter um apartamento no Batel, comprar um apartamento no Bigorrilho é estar próximo ao centro de Curitiba. O bairro que também é chamado de Champagnat oferece uma infraestrutura completa a seus moradores que dispõem de alguns dos melhores serviços comerciais da cidade. No Bigorrilho é possível encontrar condomínios de alto padrão que oferecem muito espaço e segurança.

ÁGUA VERDE: Se você se interessou por um apartamento à venda no Cabral, certamente também precisa conhecer os imóveis no Água Verde. O bairro – que é vizinho do Batel – também dispõe de excelente estrutura para seus moradores, além de estar próximo ao centro da cidade. O Água Verde abriga a Praça do Japão, importante ponto turístico da cidade de Curitiba. Viver no Água Verde é estar em uma das regiões que mais se desenvolvem na capital paranaense.

BAIRRO CENTRO: O Centro de Curitiba também é um dos locais que oferece algumas das melhores opções de imóveis da cidade. Se comprar apartamento no Bigorrilho lhe parece uma boa ideia, investir em um imóvel no bairro Centro também pode ser uma boa alternativa. Por concentrar uma série de pontos turísticos e possuir o reduto comercial mais forte da cidade, o Centro dispõe de muita comodidade para seus moradores.

CABRAL: Se a ideia é comprar um apartamento à venda no Cabral, é importante saber que este bairro, além de ser um ponto tradicional de Curitiba, também oferece umas das melhores localizações da cidade. O bairro do Cabral dispõe de diversas atrações turísticas ao ar livre, como é o caso da Praça São Paulo e Praça Suíça. No Cabral também se encontram muitos pontos comerciais entre restaurantes, farmácias, academias, cafés, bares e clínicas estéticas, tudo para que seus moradores possam aproveitar de uma infraestrutura completa sem precisar ir muito longe de casa.

Agora que você conhece alguns dos bairros de alto padrão mais famosos de Curitiba, não se esqueça de acessar o nosso blog para conferir outros conteúdos relacionados às melhores localizações da capital paranaense para se viver. E se quiser ficar por dentro de todas as nossas novidades, sem perder nenhum detalhe, siga nossos perfis nas redes sociais e curta todas as nossas postagens.  

filmes

10 filmes que todo empresário deveria assistir

filmes

Você já entrou no cinema e saiu inspirado e se sentindo uma pessoa diferente? Já aconteceu com você também?

Se você é empresário ou está se preparando para se ser um, você deve assistir a esses filmes inesquecíveis para entender o que eu quero dizer.

1. Piratas do Vale do Silício (1999)

“Bons artistas copiam, grandes artistas roubam.” – Steve Jobs.

Este é um filme clássico que mostra o início de Steve Jobs e Bill Gates enquanto construíam seus impérios de tecnologia na década de 1980. Ele destaca sua rivalidade, provações e triunfos, e as diferentes maneiras como os fundadores da tecnologia trabalhavam.

Você verá como um jovem de 20 anos fechou um contrato com uma grande corporação como a IBM e aprenderá o valor de acreditar no seu sonho e levá-lo adiante de qualquer maneira. Não importa se alguém copia sua ideia. O que importa é a execução e como você faz isso. E ninguém pode copiar isso. E, vamos combinar que quando você está apenas começando, um pouco de competição não faz mal a ninguém.

2. A Rede Social (2010)

“Vivíamos em fazendas, depois vivíamos em cidades e agora vamos viver na internet!” – Sean Parker.

Este é mais um grande filme que todo empresário deveria assistir. Mostra a ascensão meteórica do bilionário mais jovem do mundo e sua startup de dormitório criada na Universidade de Harvard – o Facebook. Mark Zuckerberg pegou uma ideia simples e a transformou em um dos negócios mais lucrativos já vistos até hoje.

Você verá como ele fez isso e os desafios que enfrentou ao longo do caminho, incluindo desentendimentos com seus sócios. Além de aprender com a experiência de Zuckerberg, você também desfrutará de uma narrativa hábil e uma trilha sonora incrível.

3. Sala da caldeira (2000)

“O que você quer dizer com você vai passar? Alan, as únicas pessoas que estão ganhando dinheiro são os quarterbacks da NFL e não vejo um número nas suas costas. ” – Seth Davis

Todo empresário enfrenta dilemas morais em algum momento de sua carreira. Este filme é sobre Seth Davis, um jovem de 19 anos que abandonou a faculdade, e que enfrenta um terrível dilema moral. Seth se torna um dos principais corretores da corretora JT Marlin, mas algo na empresa parece suspeito.

O que ele faz quando confrontado com o dilema de dinheiro e ganância versus moral e legalidade? O que você faria? Este filme irá sensibilizá-lo para a luta real entre o certo e o errado, o dinheiro e a ganância e a moralidade e a legalidade nos negócios.

4. A procura da felicidade (2006)

“Nunca deixe alguém dizer a você, você não pode fazer algo. Nem mesmo eu. Você tem um sonho, você tem que persegui-lo. Quando as pessoas não podem fazer algo sozinhas, elas querem dizer que você também não pode fazer. Você quer algo, vá buscar.” – Chris Gardner

Esta é uma história inspiradora de um vendedor em dificuldades, Chris Gardner (Will Smith), que perde tudo, incluindo sua esposa, casa e dinheiro. Em vez de chafurdar na autopiedade e na derrota, Chris se recompõe, trabalha mais e com mais inteligência do que a concorrência para tornar a vida melhor para ele e seu filho.

É um poderoso filme motivacional baseado em uma história real que vai te dar arrepios e te ajudar a ver o valor de ter uma boa atitude e uma forte ética de trabalho na busca pela felicidade e uma vida melhor.

5. Sacada de Gênio (2008)

“O que aconteceu com essa coisinha chamada justiça de que falamos?” – Bob Kearns

Qualquer empresário deve assistir a este filme para entender por que é importante evitar que suas ideias sejam roubadas. Robert Kearns (Greg Kinnear), um professor universitário, que inventa o limpador de pára-brisa que é adotado por todos os gigantes automotivos da década de 1960, tornando-se um dispositivo padrão em todos os carros.

No entanto, as montadoras não dão a Kearns o crédito que ele merece. Pode ser doloroso assistir Kearns lutar contra corporações poderosas por seu direito, mas aí está uma lição importante para todos os empresários aprenderem.

6. O lobo de Wall Street (2013)

“Eu tenho coragem de morrer. O que eu quero saber é, você tem coragem de viver? ” – Jordan Belfort

Este polêmico filme pode não ter dado a Leonardo Di Caprio (interpretando Jordan Belfort) um Oscar, mas com certeza pode lhe ensinar lições valiosas sobre sucesso, fama, fortuna, ganância e respeito pela lei.

Como diz Belfort: “A única coisa que se interpõe entre você e seu objetivo é a história de merda que você vive contando a si mesmo sobre por que não pode alcançá-lo”. Porém, com objetivos alcançados vêm muitas tentações – dinheiro, poder, fama, mulheres e drogas – que

podem comprometer o seu sucesso. Disciplina e consciência são essenciais para reter qualquer sucesso que você alcance.

7. Escritório (1999)

“Deixe-me perguntar uma coisa. Quando você chega na segunda-feira e não está se sentindo muito bem, alguém lhe diz: “Parece que alguém tem problemas com segundas-feiras?” – Peter Gibbons

Este filme hilário é para quem odeia seu trabalho de escritório das 8 às 18 e está ansioso para mergulhar no empreendedorismo. Ele gira em torno de Peter Gibbons (Ron Livingston), que descobre o quanto ele odeia sentar dentro de um cubículo todos os dias da semana, recebendo ordens de seu chefe psicopata, Bill Lumbergh (Gary Cole).

Se há um filme que vai te fazer rir, te dar uma visão nova e revigorante da vida, te motivar a sair de um trabalho de escritório que você odeia e te incitar a construir um empreendimento que você realmente ama, então é esse!

8. Sem Limites (2011)

“Eu cheguei perto de causar um impacto no mundo. E agora a única coisa em que eu causaria impacto seria a calçada. ” – Eddie Morra

Este filme emocionante sobre um escritor em dificuldades, Eddie Morra (Bradley Cooper) vai te ensinar algo sobre como pegar atalhos, soluções rápidas e o caminho fácil para o sucesso.

Eddie tem certeza de que não tem futuro, pois enfrenta o desemprego e a rejeição de sua namorada. No entanto, tudo isso muda quando um velho amigo lhe dá uma pílula misteriosa que lhe permite acessar 100% de suas habilidades cerebrais. Apaixonado pela droga não testada, Eddie sobe ao topo do mundo financeiro, mas terríveis efeitos colaterais e um suprimento cada vez menor da droga ameaçam desmoronar seu castelo de cartas. Afinal, as soluções rápidas e fáceis não são tão fáceis, ou são?

9. Wall Street (1987)

“A questão é, senhoras e senhores, que a ganância, por falta de uma palavra melhor, é boa.” – Gordon Gekko

Este é sem dúvida um dos melhores filmes de empreendedorismo de todos os tempos. Mostra a história de um jovem e ambicioso corretor da bolsa, Bud Fox (Charlie Sheen), que fará quase tudo o que for preciso para ter sucesso, pois é guiado pelo discutível lema “A ganância é boa”. De repente, tudo fica claro quando Fox é convidado a ajudar a fazer algo não apenas ilegal, mas moralmente repreensível. O filme vai te ensinar a não se vender por dinheiro. Ser empresário não significa apenas ser rico e famoso.

10. The Godfather (1972)

“Grandes homens não nascem grandes, eles crescem grandes… ” – Mario Puzo

Outro forte candidato ao título de melhor filme de cinema para empresários de todos os tempos. Ele conta a história de um chefão da máfia e seu filho Michael Corleone, que supervisionam o crescimento de uma pequena empresa familiar no que eventualmente se torna a maior família do

crime organizado em Nova York. Embora não recomendemos seguir o caminho ilegal, este é um filme imperdível para todos os empresários que desejam aprender o que é necessário para chegar ao topo e, mais importante, o que é necessário para permanecer lá.

Tenho certeza que alguns bons filmes ficaram de fora da nossa lista, mas você pode nos dizer nos comentários, quais filmes você colocaria nesta lista e se você gostou das dicas, veja mais em nosso blog.

saude bocal

Conheça os principais cuidados com a saúde bucal na gestação

saúde bocal

A notícia da gravidez é motivo de felicidade para muitas mulheres. Assim, para que esse momento seja vivido de forma mais saudável é necessário que os cuidados com o corpo sejam redobrados, principalmente se tratando da saúde bucal na gestação.

Neste artigo falaremos da importância da gestante manter a saúde dos dentes e os cuidados que devem ser tomados, bem como diversos temas relacionados a saúde bucal no período gestacional.

Cuidados que devem ser tomados na gestação

O período gestacional é longo e necessita de muitos cuidados. Um dos fatores principais é a atenção à saúde bucal.

Assim, se faz necessário que a gestante:

  • Visite o dentista;
  • Escove os dentes;
  • Utilize o fio dental corretamente;
  • Faça o Pré Natal odontológico;
  • Mantenha uma alimentação saudável.

Problemas bucais que podem ocorrer durante a gravidez

Como vimos anteriormente, o cuidado com a saúde bucal da gestante é muito importante. Isso porque, caso a mulher grávida não cuide dos dentes, muitas doenças e situações podem aparecer e influenciar na saúde do feto.

Neste tópico, abordaremos algumas das disfunções bucais que podem acometer as grávidas.

  1. Gengivite

Os hormônios na gravidez, como a progesterona, faz com que as mulheres tenham a tendência a apresentar problemas bucais como a gengivite, que é uma das causadoras do sangramento na gengiva.

Caso a gengivite, inflamação do tecido gengival devido a bactérias, não seja tratada adequadamente, é possível que evolua para uma periodontite.

Com isso, a estrutura dos dentes pode ser prejudicada amolecendo a dentição. Nesse contexto, pode ser necessário realizar a extração de dente para evitar complicações, mas é preciso avaliar com o profissional quais as medidas necessárias e o melhor período para o tratamento – avaliando os riscos de aguardar o parto ou de já realizar o tratamento.

Além disso, cabe dizer o risco das inflamações no período gestacional, podendo afetar a criança e antecipar o parto.

  1. Dentes cariados

A mulher grávida que apresentar dentes cariados deve procurar o dentista e começar o tratamento até o terceiro mês da gravidez, mesmo se houver alguma infecção.

Do mesmo modo, caso a gestante passe por dor de dente constante, a busca pelo dentista é fundamental para que o tratamento de canal seja avaliado.

Isso porque mesmo as pequenas cirurgias devem ser analisadas, garantindo saúde e bem-estar para a gestante e a criança.

Vale mencionar que a cárie pode se manifestar com mais facilidade neste período, pois há alterações hormonais que podem impactar na acidez da boca e no fluxo salivar, criando um ambiente mais propício para a reprodução das bactérias.

  1. Aspectos estéticos

É normal que durante a gravidez surjam alguns incômodos em relação ao corpo e alguns aspectos da face e do sorriso podem se tornar mais destacados nesse momento.

No entanto, caso haja o desejo de realizar tratamentos estéticos, como a lente de contato ou as facetas de porcelana, é aconselhado esperar até o término da gestação para que sejam realizados.

Já em relação ao uso do aparelho ortodôntico, não há contraindicação, podendo manter o tratamento e manutenções, inclusive, de modo mais próximo.

Falaremos agora sobre quais procedimentos não devem ser realizados durante a gravidez e o motivo disso.

Procedimentos não indicados durante a gravidez

Vimos que as grávidas podem realizar determinados procedimentos bucais, entretanto, outros devem ser evitados. 

No tópico abaixo, abordaremos alguns desses procedimentos. 

  1. Implantes dentários

Os implantes dentários não podem ser realizados durante a gestação.

O procedimento só pode ser feito com  a autorização do médico obstetra, pois a gestante pode ficar exposta a riscos indesejáveis e incômodos, que podem afetar o bebê.

  1. Extração do dente

Ninguém deseja perder um dente, principalmente no período da gravidez, mas, caso ocorra a necessidade de realizar a extração por causa de infecção, por exemplo, é preciso buscar com urgência o médico dentista para avaliar o quadro e identificar o melhor tratamento e momento.

Procedimentos que as grávidas podem fazer

A seguir, abordaremos alguns tratamentos dentários que as grávidas podem realizar. 

  1. Aparelho ortodôntico 

As gestantes podem usar dois tipos de aparelhos ortodônticos, o metálico – conhecido como tradicional – e o aparelho invisível. 

Não há contraindicações para o uso desse tratamento, sendo importante que o dentista acompanhe a paciente durante todo o período gestacional. 

Como as mulheres grávidas ficam mais sensíveis à dor, elas podem escolher o aparelho transparente, que possui algumas características mais confortáveis do que os tradicionais de metal. 

Esse aparelho vai trazer um sorriso mais bonito e natural e pode ser muito importante na vida da mulher para garantir sua autoestima e felicidade na chegada do bebê. 

  1. Limpeza dentária

Para manter a saúde dos dentes em dia, as grávidas estão liberadas a realizar a profilaxia, que é a limpeza dos dentes no consultório. 

Esse tratamento é realizado de forma periódica e evita que essas mulheres desenvolvam as doenças que citamos anteriormente. 

Outros fatores que ajudam a garantir a saúde bucal da gestante

Existe outro fator muito importante que é a alimentação  para a gestante. Isso porque manter uma alimentação saudável e equilibrada vai trazer diversos benefícios neste período, para a mãe e a criança.

No período da gravidez, é preciso evitar o uso de bebidas alcoólicas e o tabaco. Reforçar a escovação a cada refeição, sempre com suavidade e com o uso do fio dental também é crucial.

Isso porque as gestantes ficam mais propensas a adquirir essas doenças caso não haja uma higiene bucal adequada.

Cabe mencionar que o pré-natal odontológico ainda não é muito conhecido pelas mulheres grávidas, entretanto, o acompanhamento do dentista se faz necessário, pois é uma maneira de orientar e evitar o aparecimento de doenças bucais como cáries e gengivite.

Ao realizar os procedimentos de limpeza e higienização, a mulher irá garantir um parto mais saudável e tranquilo, além de trazer mais disposição e segurança para a mãe.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Clínica Ideal, plataforma especializada em marketing e gestão para consultórios e clínicas odontológicas.